Entenda mais a vacina contra Meningite tipo B

Publicado por em 10/06/2015 às 16h56

vacina contra Meningite tipo B

Chega ao Brasil uma nova vacina que protege contra mais um tipo de meningite, a do tipo B. Embora já existam no país vacinas contra os tipos A, C, W e Y da doença, essa é a primeira contra as cepas do tipo B. A meningite B é causada por uma bactéria (Neisseria meningitidis) e atinge principalmente bebês e adolescentes.

O nome comercial da vacina é Bexsero, foi aprovada pela ANVISA em janeiro de 2015 e já é possível encontra-la em clinicas particulares. Por enquanto não é uma vacina que está disponível na rede pública, atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS), disponibiliza quatro vacinas para prevenção da meningite: a BCG, a pentavalente, a meningocócica C e a pneumocócica.

Apesar de ser uma vacina nova no Brasil, ela já é oferecida há alguns anos pela companhia GSK (fabricante da vacina) em 37 países incluindo Estados Unidos e membros da União Europeia, o alvo principal da imunização são bebês com menos de um ano, mas adultos e crianças com mais de um ano também devem tomar a vacina.

As aplicações da vacina são feitas da seguinte forma:

  • Para bebês de dois a cinco meses de idade, são necessárias três doses, com um intervalo de dois meses entre elas, além de uma dose de reforço aplicada entre 12 e 23 meses de idade.
  • Para crianças entre 6 e 11 meses, o indicado são duas doses, também com dois meses de intervalo entre elas e um reforço no segundo ano de vida. 
  • Para crianças e adultos, entre 1 e 50 anos, são indicadas duas doses, com dois meses de intervalo, sem necessidade de reforço.

Entenda um pouco mais sobre a Meningite do tipo B

O meningococo B é um dos principais causadores de meningite bacteriana no mundo. A doença é tão grave que de cada dez casos, dois são fatais, por isso o diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento realizado com antibióticos são fundamentais para controlar a evolução da doença.

A doença é transmitida quando pequenas gotas da saliva da pessoa infectada entra em contato com as mucosas do nariz ou boca de uma pessoa saudável, isso pode acontecer por meio de espirro ou tosse.

Os sintomas iniciais da doença são febre, náusea, vômito, dor de cabeça, cansaço e irritabilidade, na sequência podem apresentar manchas roxeadas na pele, rigidez na nuca e sensibilidade à luz. O que torna a doença traiçoeira pois seus sintomas iniciais podem ser facilmente confundidos com os de uma virose, por exemplo.

A meningite do tipo B é uma doença com evolução rápida e com alto índice de letalidade, por isso é importante o diagnóstico precoce e o início imediato do tratamento que é realizado com antibióticos para controlar sua evolução. Quando há um atraso no diagnóstico e no início do tratamento as chances de sobrevivência diminuem e em casos de sucesso os riscos de sequelas são grandes.

 

Tags: Meningite B, Saúde do Bebê, Saúde Infantil, Vacina

Enviar comentário

voltar para Vacinas

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||