Meu filho está com piolho! Como resolver?

Publicado por em 07/10/2016 às 17h00

Meu filho está com piolho, como tratar?É realmente desesperador quando nosso filho começa a coçar a cabeça e você percebe que ele está com piolho. Isso porque os piolhos são como uma praga que se espalham rapidamente e é preciso estar atenta pois o contágio e a proliferação são extremamente rápidos.

Não tem uma idade certa para que os piolhos apareçam, mas as crianças em idade escolar são as mais afetadas já que estão em contato diário com outras crianças. Um simples abraço ou mesmo ficar bem próximo do amiguinho já é o suficiente para que ocorra a transmissão. Basta trocar um boné, uma presilha de cabelo ou qualquer outro objeto contaminado.

Entretanto, existe uma ideia que deve ser desmistificada que relaciona o piolho com falta de higiene e isso é um mito. O fato, inclusive, é que os piolhos têm uma preferência especial pelo couro cabeludo mais seco, limpo e não oleoso. Isso porque, facilita a sua reprodução permitindo que se proliferem mais rápido.

Por isso a importância de estar sempre atento aos sinais para tratar o problema o quanto antes. O maior sinal dos piolhos é a coceira, então se a criança estiver coçando a cabeça mais do que o normal fique atento. Isso porque quanto antes o tratamento começar, mais fácil será de acabar com o problema.

Como encontrar os piolhos?

Os piolhos podem ser encontrados realizando um exame visual mesmo, no couro cabeludo da criança. A dica é procurar bem, olhar atrás das orelhas e na nuca lembrando de sempre procurar também as lêndeas, que são os ovinhos do piolho.

Como tratar os problemas com os piolhos?

Os piolhos são bichinhos inofensivos, mas causam um incômodo muito grande e podem viver até 2 meses na cabeça. Nesse período eles chegam a botar até 300 ovos, aumentando rapidamente sua colônia.

O recomendado para tratar o problema e eliminar os piolhos é utilizar xampus à base de permetrina e procurar a orientação de um profissional da saúde, como seu pediatra de confiança. Lembre-se que a ideia de cortar os cabelos das crianças bem curtinhos nem sempre é a melhor alternativa. Isso sem falar que é praticamente inviável no caso de meninas, não é mesmo?!

Para eliminá-los é preciso aplicar os xampus de acordo com as especificações de cada fabricante, e é essencial que após lavar bem os fios, realize a passagem do pente fino várias vezes, para retirar os piolhos que ficam presos aos fios. Como a maioria dos remédios só matam os piolhos e não as lêndeas, é importante reaplicar o produto para ir acabando com aqueles que forem surgindo depois. 

Se não houver irritação no couro cabeludo da criança ainda é possível utilizar uma antiga receitinha caseira que mistura duas colheres de sopa de vinagre em um litro de água. Essa receita ajuda a soltar as lêndeas dos fios. Para isso, basta ir despejando a mistura nos cabelos e massageando, principalmente a raiz. Mas lembre-se que essa mistura não substitui a aplicação do xampu, ela serve somente como um complemento.

Por fim, escolha bons produtos, busque orientação de um especialista e faça revisões diárias enquanto o problema ainda estiver presente para não deixar que o problema aumente. E fique tranquila, piolho não é um bicho de sete cabeças e todas as crianças tem ou ainda terão.

 

Vanessa Motta

 

 

Tags: Bem Estar, Criança, Higiene, Piolhos, Saúde Infantil

voltar para Saúde e Bem Estar

left tsN center fsN bsd c15n show fwB b10s|left fwR tsN b10s bsd|left show fwR normalcase tsN bsd b10s|bnull||image-wrap|news login uppercase fwB|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase c05 fwR|tsN fwR normalcase|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||