Tipos de ultrassom

Publicado por em 26/06/2014 às 20h15

Qual mãe não fica ansiosa para fazer o seu ultrassom? Ahhh... é uma delícia poder ouvir os batimentos cardíacos, ver o bebê se formando e saber que tudo esta na mais perfeita ordem, não é mesmo?

O ultrassom além de mostrar o bebê ele serve para que o médico possa acompanhar o crescimento e a formação do feto, é através deste exame de imagem onde é possível descobrir se há sinal de malformações e síndromes genéticas. Também através do ultrassom é feito uma análise da placenta, do liquido amniótico e do comprimento do colo do útero.

Tipos de ultrassom

Vamos conhecer um pouquinho de cada ultrassom;

Ultrassonografia Transvaginal Obstétrica – 1º Trimestre
Este ultrassom é feito entre a 6ª e 8ª semana de gravidez, serve para diagnosticar a gestação inicial, tem como objetivo determinar o número de embriões (feto) que estão se desenvolvendo (se você estiver esperando gêmeos, dá para ver se eles dividem a mesma placenta ou se estão se desenvolvendo separadamente, o que determina se serão idênticos ou não).

Além de confirmar a idade da gravidez é também o melhor momento para medir com precisão a idade do feto já que nesta fase a margem de erro é menor. Neste ultrassom já é possível ouvir os batimentos cardíacos do bebê e outro ponto importante é ver se a criança está localizada no útero ou nas trompas.

Ultrassonografia Transvaginal Morfológica – 1º Trimestre
Este ultrassom deve ser realizado entre a 11ª e 14ª semana de gravidez, por se tratar de uma ultrassonografia mais detalhada é de extrema importância que este exame seja realizado dentro do período acima, pois, avalia primordialmente três parâmetros que serviram como triagem para um grupo de patologias chamado de cromossomopatias, sendo a mais conhecida a Síndrome de Down.

Avalia, portanto, a translucência nucal, o osso nasal e o ducto venoso. A partir dessas medidas, o obstetra poderá estimar as chances de o feto ser portador de alguma cromossomopatia.

Ultrassonografia Morfológica – 2º Trimestre
Neste ultrassom que deve ser realizado entre a 20ª e 24ª semana de gestação é feita uma avaliação completa do bebê, através dele é possível verificar a existência de diversos tipos de más-formações, desde lábio leporino até cardiopatias e problemas renais (estima-se que somente 80% desses distúrbios possam ser detectados com esse exame).

É feito também uma avaliação das condições da placenta e do líquido aminiótico. Este é o período mais indicado, também, para o rastreio do risco de parto prematuro espontâneo extremo, por meio da avaliação do colo uterino pela via transvaginal. Neste ultrassom é possível verificar o sexo do bebê com mais certeza.

Ultrassonografia Obstétrica com Doppler Colorido
Este último ultrassom realizado entre 28 e 32 semanas, avalia o crescimento e peso do bebê, funcionamento e localização da placenta.Exame de indicação precisa. Avalia o fluxo sanguíneo de vasos fetais quanto maternos na tentativa de predizer determinadas patologias e determinar o estado de oxigenação do bebê. Importante método para o acompanhamento da vitalidade fetal em pacientes com doenças hipertensivas na gestação.

Ultrassonografia Obstétrica
Exame muito comum durante o pré-natal. Pode ser solicitado em qualquer período após a 12a semana até o parto. Tem como parâmetros a serem avaliados: posição do bebê, peso fetal, placenta e seu aspecto, quantidade de líquido amniótico, presença de batimentos cardíacos fetais e movimentos corpóreos e respiratórios do bebê.

Como o sexo do bebê só pode ser determinado com segurança a partir da 16ª semana acaba se tornando bastante comum a realização deste exame no intervalo de uma ultrassonografia e outra.

Ultrassonografia 3D e 4D
O 3D dá noção de profundidade, o que melhora a nitidez da imagem (nele você vê pela primeira vez as feições do filhote). Já o 4D - ou 3D em tempo real - faz uma varredura contínua do útero, permitindo acompanhar os movimentos do bebê. 

Dica: Leve sempre sua primeira ultrassonografia para as consultas de pré-natal, principalmente quando realizada entre a 8a e 12a semanas de gestação. Esse exame será muito importante para os cálculos referentes à idade gestacional e a data provável do parto.

Sempre que for fazer um ultrassom vá acompanhada, afinal é sempre uma delicia ter alguém ao seu lado para dividir as emoções.

 

 

 

Tags: Gravidez, Saúde Na Gravidez, Ultrassom

Comentários

daniela pereira em 16/06/2017 19:31:19
estou gestante mas ñ sei de quanto tempo estou fiz o exame mas ñ consegui ver meu bebe estou preuicupada por que fiz o trans vaginal e ñ consegui ver o bebe apenas uma bolinha mas os medicoas falo q ñ pode garantir nada qual ultrasom seria bom eu fazer para poder ver
Aldecy menezes em 13/04/2017 11:45:20
Na ultrasson com t n,terei imagens do meu bb?

Enviar comentário

voltar para Saúde

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||