Riscos na gravidez com idade avançada

Publicado por em 23/02/2016 às 23h24

Os riscos de engravidar com a idade avançada

Se você já considera possuir uma idade avançada para engravidar, compreenda melhor os riscos e saiba o que é preciso para ter uma gravidez saudável.

Em 1950, não era comum querer gerar um bebê após os 30 anos, até mesmo porque as mulheres casavam muito cedo. Assim, costumavam ter filhos mais cedo também, por volta dos 15 aos 20 anos.

Além disso, uma mulher que engravidava com 25 anos já era considerada “velha” para ter filhos, já que a expectativa de vida variava entre 50 e 60 anos. 

Imagem: childdevelopment

 

Hoje, como você já sabe, a realidade é bem diferente. O momento “ideal” para ter um filho, segundo os médicos ginecologistas, é entre os 20 e 30 anos. Época considerada muito boa para a reprodução e a diminuição de riscos na gravidez.

Bem, há dois lados dessa moeda. Muitas mulheres, hoje, preferem ter filhos “mais tarde”, pois consideram importante terem, primeiro, uma vida mais estabilizada financeiramente, ou então porque se sentem mais maduras, mais seguras e podem ter mais tempo para se dedicarem ao bebê, nessa fase da vida. Por outro lado, engravidar após os 35 anos de idade pode trazer riscos tanto para a mãe e o bebê.

O relógio biológico é um fato da vida, mas não há nada de mágico sobre 35 anos de idade. É simplesmente uma idade em que vários riscos se tornam mais propensos, como por exemplo a mulher levar mais tempo para engravidar.

A mulher nasce com um determinado número de óvulos. Ao chegar aos  30 anos, esses óvulos diminuem em quantidade e qualidade e por isso não são fertilizados tão facilmente como os de uma mulher mais jovem. Se você tem mais de 35 anos e já vem tentando engravidar em um período de 6 meses a 1 ano, é aconselhável pedir ao seu médico um aconselhamento genético.

Além disso, saiba que é muito provável que você tenha uma gravidez múltipla. A chance de ter gêmeos aumenta com a idade. O uso de tecnologias de reprodução assistida - como a fertilização in vitro - também pode desempenhar um papel importantíssimo.

Os riscos de engravidar com a idade avançada

“Antes, o aparelho reprodutor feminino não está totalmente desenvolvido e depois há uma regressão na fertilidade da mulher. Sempre digo para as mulheres que querem engravidar mais tarde: ‘Depois dos 35, a gravidez é de risco, mas paciente bem cuidada volta feliz para casa com um filho saudável’. O problema de adiar muito a gestação é conseguir engravidar. A fertilidade feminina começa a cair por volta dos 25 anos e tem declínio importante depois dos 35 anos.”

                                                                                             Dr. Dráuzio Varella

Após os 35 anos, a mulher está mais propensa a desenvolver diabetes gestacional. Este tipo de diabetes, que ocorre apenas durante a gravidez, é mais comum nas mulheres mais velhas. Dessa forma, um rígido controle de açúcar no sangue através de dieta e atividade física é essencial. Por vezes, a medicação é necessária, também. Se não tratada, a diabetes gestacional pode levar um bebê a crescer significativamente maior do que a média - o que aumenta o risco de lesões durante o parto.

A pressão arterial também pode ficar elevada durante a gravidez. A investigação sugere que a pressão sanguínea elevada que se desenvolve durante a gravidez é mais comum em mulheres com idade avançada. Seu médico irá monitorizar cuidadosamente a sua pressão arterial e o desenvolvimento do seu bebê.

O risco de aborto, devidos às condições médicas da mãe, e de anormalidades cromossômicas também são maiores. Os bebês nascidos de mães mais velhas têm um maior risco de certos problemas cromossômicos, como a síndrome de Down.

Faça escolhas saudáveis

Cuidar bem de si mesma é a melhor forma de cuidar do seu bebê:

  • Marque uma consulta pré-concepcional. Fale com o seu médico sobre sua saúde geral e discuta as mudanças de estilo de vida que podem melhorar suas chances de ter uma gravidez saudável. Solucione quaisquer dúvidas que você possa ter sobre a fertilidade ou gravidez. Pergunte sobre como aumentar as chances de concepção - e opções, caso esteja com dificuldades para engravidar.
  • Tenha uma dieta saudável. Durante a gravidez, você vai precisar de mais ácido fólico, cálcio, ferro, vitamina D e outros nutrientes essenciais. Se você já possui uma dieta saudável, mantenha-a. A vitamina pré-natal diária - de preferência a partir de alguns meses antes da concepção - podem ajudar a preencher eventuais lacunas.
  • Ganhe peso com sabedoria. Ganhando a quantidade de peso ideal pode ajudar na saúde do seu bebê - e torná-lo mais fácil de verter as libras extras após o parto. Trabalhar com o seu médico para determinar o que é certo para você.

Olhar para o futuro

As escolhas que você faz agora - mesmo antes da concepção - podem ter um efeito duradouro sobre o seu bebê. Pense na gravidez como uma oportunidade para amamentar, ser mãe, literalmente, e se preparar para as mudanças emocionantes que terá pela frente. 

Tags: Gravidez, Saúde Na Gravidez

Enviar comentário

voltar para Saúde

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||