Gravidez e obesidade: Conheça os riscos

Publicado por em 06/02/2016 às 18h04

Gravidez e obesidade: Conheça os riscosVocê se sente preocupada com a gravidez e a obesidade?

Entenda os riscos da obesidade durante a gravidez - além de medidas para promover uma gravidez saudável.

Ter obesidade durante a gravidez pode ter um impacto importante sobre a sua saúde e a saúde do seu bebê. Informe-se sobre as possíveis complicações, recomendações para o ganho de peso e o que você pode fazer para promover uma gravidez saudável.

O que é considerado obesidade?

A obesidade é definida quando a gestante apresenta uma quantidade excessiva de gordura corporal. A fórmula baseada na altura e peso - o chamado índice de massa corporal (IMC) - é muitas vezes usado para determinar se uma pessoa está obesa.

O IMC é calculado da seguinte maneira:     Kg(peso) dividido pela altura = resultado.

Depois de encontrar o resultado, verifica-se se o valor do IMC está dentro do recomendado pelos nutricionistas. Mas não se esqueça de que estes valores são calculados de maneira geral, mas seu médico leva em conta outras questões, como histórico familiar, exames, entre outros fatores. Mais uma vez, o pré-natal é importante, pois a cada consulta o peso da gestante precisa ser verificado e acompanhado. Veja a tabela do IMC :

Gravidez e obesidade: Conheça os riscos

A obesidade pode afetar a minha capacidade de engravidar?

Ter obesidade pode prejudicar a sua fertilidade por inibir a ovulação normal. Além disso, a obesidade também pode afetar o resultado de fertilização in vitro (FIV). Como IMC de uma mulher aumenta, assim o risco de FIV é não ter sucesso.

Como a obesidade pode afetar a minha gravidez?

Ter obesidade durante a gravidez aumenta o risco de várias complicações, incluindo:

  • Diabetes Gestacional - Mulheres obesas são mais propensas a desenvolver diabetes durante a gravidez (diabetes gestacional) do que as mulheres que têm um peso normal.
  • A pré-eclâmpsia - Elas também têm um risco aumentado de desenvolver uma complicação na gravidez, caracterizada por pressão arterial elevada e sinais de danos a outro sistema de órgãos, muitas vezes, os rins (pré-eclâmpsia).
  • InfecçãoDurante a gravidez, a gestante um risco aumentado de infecções do trato urinário. 
  • Maiores chances de parto induzidoA obesidade aumenta o risco de que a gravidez vai continuar para além da data de vencimento esperado. Além disso, a indução do parto é mais comum em mulheres que são obesas. As chances de se ter um parto normal são quase nulas. A obesidade também pode interferir com a utilização de certos tipos de medicação para a dor, tal como um bloqueio epidural.
  • Perda da gravidezA obesidade aumenta o risco de aborto, principalmente nos primeiros meses. 

Como a obesidade pode afetar o meu bebê?

A obesidade durante a gravidez pode causar vários problemas de saúde de um bebê, incluindo:

  • MacrossomiaMulheres obesas apresentam, em maior risco, a chance de ter um bebê que é significativamente maior do que a média (macrossomia) e tem mais gordura corporal do que o normal. Como o peso ao nascer aumenta, o mesmo acontece com o risco de obesidade infantil.
  • Condições crônicas - Ser obesa durante a gravidez pode aumentar o risco de seu bebê  desenvolver doença cardíaca ou diabetes como um adulto.

Quanto peso devo ganhar durante a gravidez?

O seu peso pré-gestacional e o IMC, bem como a sua saúde e a saúde do seu bebê, todos desempenham um papel determinante de quanto peso você precisa ganhar durante a gravidez. Trabalhar com o obstetra é a melhor estratégia para determinar o que é melhor no seu caso e para administrar o seu peso durante a gravidez.

Vou precisar de cuidados especiais durante a gravidez?

Se você estiver obesa, o seu médico irá monitorar cuidadosamente a sua gravidez. Dependendo das circunstâncias, ele poderá recomendar:

Os primeiros testes para diabetes gestacional- Para as mulheres com risco médio de diabetes gestacional, um teste de rastreio, chamado de teste de desafio da glicose é muitas vezes feito entre  24ª e a 28ª semana da gestação. Se você estiver com sobrepeso, seu médico pode recomendar o teste de triagem antes - talvez até mesmo em sua primeira visita pré-natal. Se os resultados dos testes são normais, é provável que você repita o teste de triagem entre a 24ª e a 28ª da gravidez. Se os resultados forem anormais, você vai precisar de mais testes. Seu médico irá aconselhá-la sobre o acompanhamento e controle de açúcar no sangue.

Ultrassonografias mais detalhadas - O Ultrassom fetal geralmente é feito entre as semanas 18 e 20 da gravidez, para avaliar o desenvolvimento do bebê. Como as ondas de ultrassom não penetram facilmente no tecido de gordura abdominal, a obesidade gestacional pode interferir na eficácia das ultrassonografias fetais. Resultados de ultrassom podem ser mais detalhados, se o teste for feito algumas semanas mais tarde, tal como entre as semanas 20 e 22 da gravidez. Além disso, você precisará de mais exames, como, por exemplo, uma ecocardiografia para verificar alguma anomalia cardíaca congênita.

Que medidas posso tomar para ter uma gravidez saudável?

Você pode limitar o impacto da obesidade sobre a sua gravidez e garantir a sua saúde e a saúde do seu bebê. Por exemplo:

Agende uma consulta pré-concepcional - Se você possui diagnóstico de obesidade e está pensando engravidar, fale com o seu ginecologista. Ele pode recomendar uma dose diária de vitamina e encaminhá-la para outros especialistas, como um nutricionista ou um especialista em obesidade, que pode ajudá-la a alcançar um peso saudável antes da gravidez.

Procure assistência pré-natal regular - Não falte às consultas de pré-natal! Informe o seu médico sobre qualquer condição médica que você possa ter - como diabetes, pressão alta ou apneia do sono - e discuta o que você pode fazer para ter uma gravidez mais saudável.

Enfim… A obesidade durante a gravidez pode aumentar o risco de complicações para você e seu bebê. Para aliviar sua ansiedade, seja “cúmplice” do seu médico. É ele quem poderá ajudá-la a evitar o ganho de peso excessivo, gerenciar quaisquer problemas médicos, e acompanhar o crescimento e desenvolvimento do seu bebê.

E, se você estiver com sobrepeso, a melhor maneira de proteger a sua saúde e o bem-estar do seu bebê é perder peso antes de engravidar. Ao atingir um peso saudável, você aumenta suas chances de conceber uma criança naturalmente e reduz o risco de os problemas associados ao excesso de peso na gravidez. Cuide-se!

    

 

Tags: Gravidez, Obesidade, Saúde Na Gravidez

Comentários

Bebê 123 em 22/08/2017 14:24:16
Oi Leila, controle sua ansiedade, escolha seu obstetra para que possa fazer um acompanhamento do seu pré natal bem detalhado com exames específicos para o seu caso, durante a gravidez não fazemos dietas mas pode fazer um acompanhamento com nutricionista.
Leila Guimarães silva em 10/08/2017 16:45:43
Descobrir q estou gravida de 2 semanas,E estou muito preocupada porq estou acima do peso,,,estou com 123kg...sou muito ansiosa!os fazer nesse caso?

Enviar comentário

voltar para Saúde

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||