Grávida pode viajar de avião?

Publicado por em 31/07/2014 às 23h24

Grávida pode viajar de avião?Muitas vezes a mulher grávida precisa viajar seja a trabalho, passeio ou ainda por motivo de urgência maior e dependendo do período gestacional bate aquela dúvida: “Grávida pode viajar de avião”?

Se a gravidez estiver sendo tranquila e sem complicações como diabetes, pressão alta, sangramento vaginal e sem histórico de parto prematuro, não existe problema algum em viajar no primeiro e no segundo trimestre de gestação, mas caso tenha qualquer problema médico o ideal é que o obstetra seja comunicado e que de um sinal verde a viagem.

As viagens de avião podem ser desconfortáveis para muitos e quando se esta grávida ela é sem dúvida ainda maior, por este motivo muitas gestantes preferem viajar no segundo trimestre da gravidez (entre a 14ª e 27ª semana) já que neste período os enjoos e azia já diminuíram e para algumas já terão ido embora.

Existe alguma restrição para a grávida viajar de avião?

Algumas companhias aéreas têm restrições para grávidas a partir da 28ª semana de gestação, devido ao risco de parto prematuro, portanto informe-se antes de comprar a passagem e verifique a política da companhia aérea que pretende viajar, para não ter surpresas na hora do embarque.

A partir da 28ª semana as companhias aéreas podem solicitar um atestado médico ou declaração de responsabilidade e no final da gravidez podem autorizar a viagem somente com a gestante acompanhada pelo médico responsável. Em casos de viagens internacionais o atestado ou declaração poderá ter que ser traduzido na língua do país de destino.

Veja nos links abaixo o que diz a politica de viagem para grávidas de três companhias aéreas diferentes:

GOL: http://www.voegol.com.br/pt-br/viaje-sem-duvidas/passageiros-especiais/gravidas/Paginas/gravidas.aspx

AZUL: http://www.voeazul.com.br/servicos/embarque-de-gestantes

TAM: http://blog.tam.com.br/tag/gestante/

Dicas para ter uma viagem mais tranquila e confortável:

Na hora de escolher o assento dê preferência para um assento no corredor, isto facilitará bastante as idas ao banheiro, principalmente se for um voo mais longo.

Peça por um assento na primeira fileira (preferencial), além de ter mais espaço também ficará mais fácil na hora do embarque e desembarque.

Na gravidez, a quantidade de sangue circulante aumenta cerca de 50%. Ficar muito tempo na mesma posição dificulta o retorno venoso e causa inchaço, muitas vezes maior do que o já experimentado por pessoas não grávidas. Para evitar esse incômodo, recomenda-se usar uma meia de média compressão durante o voo. Faça exercícios com as pernas enquanto estiver sentada e caminhe um pouco se o voo for longo.

Dicas para ter uma viagem mais tranquila e confortável:Use o cinto de segurança o máximo de tempo possível, para evitar choques na barriga, especialmente perigosos no terceiro trimestre. Coloque-o abaixo da barriga, de forma que fique confortável.

Procure evitar chá, café e bebidas com cola. Elas são diuréticas e aumentam a vontade de urinar.

O ar é muito seco e, como há muitas impurezas, aumenta o risco de adquirir uma infecção viral, por exemplo. Use um lubrificante nasal (soro).

Tome um litro de água para cada 6 horas de viagem, gestantes se desidratam com facilidade.

Em qualquer fase da gestação, consulte seu obstetra antes de viajar, para saber se há algum risco ou se é preciso tomar cuidados extras.

 

Tags: Gravidez, Saúde Na Gravidez, Viagem

Enviar comentário

voltar para Saúde

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||