Grávida pode carregar peso?

Publicado por em 14/07/2018 às 19h43


Existem muitas dúvidas que surgem no período da gravidez. Uma delas é uma questão referente ao peso que uma grávida pode carregar e se ela pode pegar peso ou não.

Isso faz todo o sentido, uma vez que a mulher já carrega um peso maior dentro de si, então será que é recomendado carregar o mesmo tipo de peso de antes de ficar grávida?

Sabendo que esse questionamento é bastante recorrente, este artigo vai esclarecer algumas informações se as grávidas podem ou não podem carregar peso e quais cuidados devem ser tomados para que maiores problemas não aconteçam. 

Gravidez e peso

A gravidez não é uma doença, muito pelo contrário é uma condição muito bonita de geração de vidas, mas por não ser uma condição habitual do corpo, há sim algumas restrições que devem ser seguidas pensando na saúde da futura mamãe e de seu bebê.

Uma destas preocupações é quanto ao peso que se deve carregar durante a gravidez.

Então vamos ver situações gerais e específicas e quais as melhores recomendações de especialistas e obstetras. 

Mulheres que já lidavam com peso antes da gravidez

Algumas mulheres já podem antes de estarem grávidas lidar com algumas situações de carregamento de peso no lar, no trabalho, porque já tem outros filhos pequenos e lidam com esse levantamento de peso, colocando as crianças nos braços, dentre outras situações.

Entenda que se uma mulher não era acostumada a pegar peso antes, se agora o fizer pode sim ser uma ameaça real a um aborto espontâneo.

Cabe à mulher perceber que se depois de pegar peso sentir um desconforto, dores abdominais, sangramentos, são motivos de observação preocupante e é aconselhável parar imediatamente.

Gestações com incompetência cervical, lombar e afins 

Neste caso o carregamento de peso será contraindicado devido ao aumento da pressão abdominal decorrente deste esforço desencadear contrações e levar à dilatação do colo uterino, situação que seria perigosa para o bebê. 

Grávidas e pesos no esporte

No caso de pessoas acostumadas a fazer uma atividade intensa com levantamento de pesos, durante a gravidez deve ser restringida ou eliminada, o ideal é conferir com o seu médico a decisão final.

O aconselhável é que se prime por esportes mais leves e relaxantes: ioga, natação caminhadas, alongamentos e afins. 

Mães que carregam peso de filhos mais velhos

Os especialistas entram em um consenso de que as grávidas devem evitar carregar pesos acima de 10 a 12 quilos, principalmente depois da 30ª semana de gestação.

Se for segurar o filho no colo, se deve dobrar os joelhos e manter a coluna reta ao pegá-lo, em vez de se encurvar para fazer isso.

Nunca se abaixe e pegue um filho mais velho, pois como já foi dito a curvatura da coluna pode prejudicar a grávida.

Conforme o útero cresce, os músculos abdominais deixam de dar apoio aos músculos das costas, o que torna cada vez mais difícil a operação de carregar algo.

Observações importantes

Quando for às compras, não as coloque em um único saco, distribua-as em vários sacos, para que o peso seja segmentado.

Recomenda-se para o peso das mãos não carregar mais do que 4 quilogramas.

O peso do próprio corpo também é importante atentar-se, logo, não se deve levantar do chão com um empurrão, inclinando-se. É melhor colocar-se na posição de pés ligeiramente afastados, de modo que o peso do corpo não fique na parte de trás e nas pernas.

Utilize uma atadura pré-natal, que irá distribuir a carga sobre a coluna vertebral e de maneira mais uniforme.

Observações gerais 

Toda mulher grávida deve ter muito cuidado ao carregar peso, e essa condição fica mais intensa conforme os meses vão avançando, pois, o cuidado se deve ao fato de os ligamentos do corpo ficarem mais soltos e as articulações menos estáveis durante a gravidez, aumentando as chances de uma queda. 

À medida que a barriga cresce, o centro de gravidade passa do meio para a frente e a região lombar tende a ficar mais pressionada, e dessa forma, sujeita a distensões. 

A mudança do centro de gravidade também acarreta perda de equilíbrio. Se a grávida leva uma queda pode ser um risco fortíssimo para o bebê, como partos prematuros e placenta descolada.

Atente-se à postura sempre que for segurar algo mais pesado: flexione os joelhos, mantenha as costas eretas, use as pernas em vez de os músculos das costas e carregue o peso próximo do corpo. 

 

Tags: Cuidados Na Gravidez

voltar para Saúde e Bem Estar

left tsN center fsN bsd c15n show fwB b10s|left fwR tsN b10s bsd|left show fwR normalcase tsN bsd b10s|bnull||image-wrap|news login uppercase fwB|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase c05 fwR|tsN fwR normalcase|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||