Diástase pós gravidez, você sabe o que é?

Publicado por em 10/11/2016 às 23h02

A gravidez é um período lindo no qual o corpo da mulher sofre diversas alterações se preparando para gerar o bebe. É também uma fase na qual reina a alegria e não importam os quilos a mais, os pés inchado as dores nas costas, afinal, tudo vale a pena para esperar o filho.

Após o nascimento do bebê, embora haja muitas mudanças, também é um momento de alegria. Entretanto, existe algo que pode atrapalhar um pouco esse momento tão especial que é a chegada de um filho. Estamos falando da diástase pós gravidez.

Então, se você quer saber mais sobre o assunto e se informar sobre a diástase, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?

Diástase pós gravidez,  você sabe o que é?

Mas afinal, você sabe o que é diástase pós gravidez

Ter um filho é um momento memorável, porém, pode trazer algumas consequências, como a diástase pós gravidez.

Para ficar mais claro, durante a gestação, com o aumento da barriga a musculatura do abdômen se rompe. Isso quer dizer que a parede muscular se divide ao meio, no sentido vertical, na linha do umbigo. A primeira coisa que precisa ser dita é que esse é um problema bem comum que acontece, normalmente, após o 5º mês da gravidez e essa separação forma uma espécie de vão entre os conjuntos musculares. 

A diástase pode ser facilmente identificada pelo médico através do toque na região do abdômen. O fato é que nem todas as mulheres passam por isso durante a gestação e a ocorrência é mais comum para aquelas que não praticam atividades e exercícios abdominais antes da gestação.

Acontece também que em alguns casos, devido a fatores genéticos, a musculatura se recupera rapidamente enquanto para outras pessoas esse processo pode exigir um pouco mais de esforço.

Além disso, é importante lembrar que existem alguns fatores que aumentam a disposição para o desenvolvimento do problema, tais como: obesidade, gestações múltiplas, excesso de líquido amniótico e até mesmo um bebe grande.

Os sintomas mais comuns da diástase são dores na região lombar e também nas coxas e nádegas.

E então, como acabar com a diástase pós gravidez?

Acabar com o problema não é complicado, mas, exige um certo comprometimento e dedicação. O ideal, então, é apostar em uma série de exercícios que trabalhem e fortaleçam essa musculatura. É importante sempre contar com a orientação de um profissional para auxiliar nas atividades e determinar a intensidade de exercícios adequada para cada nível de comprometimento muscular.

Por outro lado, existem algumas atividades simples que podem ser feitas em casa mesmo para ajudar no fortalecimento e recuperação da barriga. A alimentação também é outro ponto importante que ajuda muito na recuperação, pois uma alimentação balanceada ajuda a perder peso e reduzir o acumulo de gordura na região abdominal, o que favorece a melhora do problema.

Veja algumas atividades que você pode fazer em casa mesmo para melhorar o problema. Mesmo assim, nunca deixe de consultar um profissional para receber o acompanhamento adequado. Veja quais são essas atividades:

  • Abdominal encolhida

Deite-se de costas para o chão, flexione os joelhos apoiando os pés no chão e mantenha os braços atrás da cabeça. Depois leve as pernas e a cabeça em direção ao peito, formando um “U”.

Faça, pelo menos, 5 repetições por dia e no máximo 20.

  • Fortalecendo a pélvis

Para essa atividade, basta deitar com as costas no chão, flexionar os joelhos e posicionar as mãos cruzadas acima do abdômen, próximas da virilha. Vá respirando e expirando calmamente enquanto levanta a cabeça de forma lenta, puxando a sua musculatura com as mãos.

Essa atividade pode ser repetida até 50 vezes por dia.

O fato é que o corpo da mulher muda após a gravidez, mas nada melhor do que ajudá-lo a se recuperar e, até mesmo, a prevenir alguns problemas, como a diástase pós gravidez. Então aproveite essas dicas e boa sorte!

 

Tags: Diástase, Gravidez, Pós-Parto

Enviar comentário

voltar para Pós-Parto

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||