Acordo de noite para ver se meu filho está respirando. Isso é normal?

Publicado por em 12/09/2017 às 22h15

Será que meu bebê parou de respirar? Qual mãe nunca foi acometida pelo temor que, no meio da noite, o bebê se enrole em algum paninho ou fique numa posição que o impeça de respirar? Mesmo com babás eletrônicas ou com o berço dentro do quarto do casal, esse receio acaba fazendo com que a qualidade do sono das mamães vá para o espaço.

 

Acordo de noite para ver se meu filho está respirando: É normal?

 

Espantando os fantasmas e entendendo a respiração do bebê:

O formato das vias aéreas dos bebês faz com que eles respirem, quase que exclusivamente, pelo nariz. A frequência da respiração dos bebês é bem mais acelerada que a nossa. Normalmente, um adulto respira cerca de 16 a 20 vezes por minuto, já o bebê recém-nascido respira cerca de 40 a 60 vezes por minuto. Com o passar do tempo, essa frequência vai desacelerando até ficar semelhante a do adulto (isso acontece por volta dos 10 anos de idade).

A respiração do bebê é irregular: algumas são mais fortes, longas, profundas, outras mais breve e superficial. Alterações como essas são normais, podendo até incluir uma pausa entre uma respiração e outra (de até 10 segundos aproximadamente). Essa alteração de padrão é natural.

Principalmente nos primeiros dias de vida, checar a respiração do bebê durante a noite é natural e vai ajudar para que os pais conheçam melhor o ritmo do pequeno podendo, assim, dormir tranquilos. Busque apenas não fazer disso um ritual que acabe sendo um vilão do seu sono.

Como checar a respiração do bebê?

Para checar a respiração do bebê não é necessário acordá-lo ou tirá-lo do berço, porém, como a respiração dos pequenos é sutil, você terá que aproximar seu rosto, vagarosamente, para ouví-la e sentí-la.

O que deve chamar a sua atenção?

Observe se, durante a respiração, houver gemidos frequentes, se o bebê passa intervalos de mais de 20 segundos sem respirar (em apneia) ou faz força e/ou produz chiado ao respirar. Nesses casos, procure o pediatra e relate o observado para que ele possa aconselhá-la.

Vale dobrar a atenção em casos de gripes e resfriados, higienizando o nariz do bebê antes de dormir.

Tendo em mente que a qualidade do sono faz parte de uma rotina saudável, após fazer as visitas noturnas de checagem para entender o ritmo da respiração do seu nenê, procure ficar tranquila e bons sonhos!

 

Abraços,
Andreia S. Jenkins

Bio: Andreia S. Jenkins é educadora, formada em Literatura pela UFRJ e consultora sobre comportamento infantil e relação mãe-filho.

 

Tags: Bebê, Pós-Parto, Recém-Nascido, Sono

Enviar comentário

voltar para Pós-Parto

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||