Doulas – Profissionais do bem-estar para futuras mães

Publicado por em 02/08/2018 às 21h28

Doulas – Profissionais do bem-estar para futuras mães

Muito se ouve falar das doulas e dos benefícios do acompanhamento delas no parto. Mas você sabe o que exatamente uma doula faz?  Vamos lá, essa profissional não é médica nem enfermeira, portanto não realizará nenhum exame ou procedimento e não está lá para substituir o acompanhante.

Vamos entender então qual é o papel dessa profissional e porque ela é tão importante.

A palavra “doula” vem do grego “mulher que serve”. Hoje, essa palavra é usada para a profissional que acompanha o parto, oferecendo suporte emocional, físico e afetivo, além de conhecimento para as mulheres.

Os partos atualmente são majoritariamente realizados no ambiente hospitalar. As mães e bebês deixam de ser acompanhados pelas parteiras e mulheres conhecidas que tinham experiência com partos e passam a receber a atenção de uma equipe de saúde multidisciplinar, formada por pediatras, enfermeiros e obstetras. No entanto, o suporte emocional fica a desejar. As doulas surgiram para suprir essa falta, reavivando uma prática antiga para tornar o parto mais humanizado.

O suporte não é feito apenas na hora do parto, mas também antes e depois desse evento tão importante. 

Qual é a função da Doula? 

As doulas não são necessariamente formadas na área de saúde, mas possuem experiência com o acompanhamento de gestantes e com o trabalho de parto. Antes do parto, o papel da doula é orientar e ajudar a mulher e seu companheiro para que escolham e reflitam sobre as diversas opções.

Existem muitos tipos de procedimentos e quanto mais informada a mãe estiver sobre o que cada um envolve, mais apta ela está a escolher o processo que será mais confortável e a fará se sentir mais segura.

Durante o trabalho de parto, a doula faz o papel de tradutora entre a mãe e todos os termos médicos que estão sendo usados. Isso possibilita que a gestante entenda todos os procedimentos que serão realizados e garante que as suas escolhas em relação ao parto sejam respeitadas.

Ela ajudará também a encontrar as melhores posições, oferecerá massagens para reduzir as dores e mostrará formas mais eficientes para a respiração.

Será feito também o suporte emocional e afetivo, tanto da mãe quanto do acompanhante, orientando e acalmando pais agitados e que não sabem como ajudar.

A doula também se faz importante durante uma Cesária, pois sua presença conforta e ajuda a mulher a relaxar durante a cirurgia.

Após o nascimento, a doula pode também oferecer assistência em relação aos cuidados pós-parto e amamentação do bebê.

Ou seja, é uma profissional que não busca substituir nenhum integrante da equipe médica tradicional, mas oferece tranquilidade e conhecimento, visando um parto mais seguro. 

Quais são as vantagens de ter o acompanhamento de uma doula? 

Os partos que contam com a presença de doulas costumam a ser mais rápidos e precisar de menos procedimentos invasivos e intervenções médicas.

Veja algumas vantagens de ter o acompanhamento de uma doula que foram comprovadas por pesquisas:

  •          Menor risco de depressão pós-parto
  •          Duração do trabalho de parto 20% menor
  •          Diminuição dos pedidos de anestesia em 60%
  •          Alta mais rápida do bebê
  •          Menor tempo de internação da mãe
  •          Menor incidência de infecções
  •          Diminuição do uso do fórceps em 40%
  •          Diminuição do uso da Ocitocina (hormônio para indução do parto) em 40%
  •          Mães mais calmas, seguras e controladas durante o parto
  •          Maior sucesso nas primeiras tentativas de amamentação

É importante ressaltar que nem todas as maternidades brasileiras permitem a entrada de doulas na sala de parto. Por tanto, informe-se sobre a política da instituição antes de fazer a escolha do hospital.

Apesar disso, a atuação de doulas é reconhecida e incentivada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Seja antes, durante ou depois do parto, ter uma doula te acompanhando ajuda a garantir que esse momento seja tranquilo, com menos dor e que todas as suas decisões sobre a chegada do seu bebê sejam feitas de maneira informada.

Os benefícios desse tipo de acompanhamento, para a mãe e para o bebê, são vastos e comprovados. Portanto, encontre durante a gestação uma doula com a qual você sinta empatia, verifique as regras da sua maternidade escolhida e converse com o seu obstetra sobre esse membro extra na equipe. Você só tem a ganhar.

Tags: doula, Gravidez, Parto

voltar para Parto

left tsN center fsN bsd c15n show fwB b10s|left fwR tsN b10s bsd|left show fwR normalcase tsN bsd b10s|bnull||image-wrap|news login uppercase fwB|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase c05 fwR|tsN fwR normalcase|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||