Táxi ou Uber precisam da cadeirinha de segurança para criança

Publicado por em 29/03/2017 às 16h17

Desde o ano de 2010 que as cadeirinhas são obrigatórias para todos os veículos considerados de passeio. Entretanto, uma grande dúvida que sempre paira no ar é sobre o momento de transportar as crianças em táxi ou Uber sem a utilização do equipamento de segurança.

O fato é que isso não é algo extremamente claro para a maioria dos pais e mães, gerando dúvidas e um certo desconforto na hora de sair de casa utilizando algum desses meios de transporte.

Táxi ou Uber precisam da cadeirinha de segurança para criança?

Táxi ou Uber precisam da cadeirinha de segurança para criança?

A cadeirinha de segurança que hoje é um equipamento indispensável e que serve para deixar a criança mais segura durante o percurso de automóvel, onde em média, morrem mil crianças por ano, vítimas de acidentes de trânsito causada pela falta do seu uso, não é obrigatória para transportes como táxi ou uber.

O mais interessante de tudo é que estudos americanos mostram que o uso dos assentos de segurança, também conhecidos como cadeirinhas, é capaz de reduzir até 71% o grande número de morte de crianças de colo e 54% para crianças entre 1 e 3 anos, nos casos de acidentes de automóveis.

Mas, apesar do grande risco ao qual as crianças ficam submetidas em caso de acidentes e a grande eficiência das cadeirinhas, nem taxi nem Uber precisam ter o equipamento.

De acordo com o Contran - Conselho Nacional de Transito, as exigências para implantar esse sistema de retenção no transporte de crianças com até 7 anos de idade não são aplicáveis para veículos de aluguel ou de transporte autônomo de passageiros, tais como Uber e taxi.

Entretanto, é importante lembrar que a empresa Uber recomenda que os pais de crianças com idade inferior a 10 anos de idade coloquem seus filhos no banco traseiro e sempre com o uso de cinto.

Além disso, a Uber ainda afirma que os pais de crianças com idade inferior a 7 anos e meio podem utilizar seus próprios equipamentos de segurança, como cadeirinhas, assentos, bebe conforto e etc., se assim desejarem.

Vale lembrar ainda que, tal como para taxi e Uber, as cadeirinhas de segurança também não são obrigatórias para automóveis de transporte escolar.

Mesmo assim, a ONG Criança Segura, referência no assunto, alerta que as cadeirinhas são a forma mais segura para o transporte de crianças em qualquer veículo e que seu uso é imprescindível, pois ajuda a distribuir a força do impacto em caso de batidas leves e evita a expulsão da criança em caso de batidas mais fortes.

Estatísticas mostram que cerca de 50% dos acidentes graves e/ou fatais acontecem uma distância menor que 50km de casa. Em outras palavras, isso quer dizer que quase 60% dos acidentes fatais ou graves acontecem em menos de 30 minutos de passeio, afirma a entidade.

Sendo assim, ainda segundo a ONG, elas devem ser utilizadas sempre, tanto nas estradas como também em situações do dia a dia, como a ida ao colégio, por exemplo.

De acordo com o nosso Código de Trânsito Brasileiro, a criança precisa estar na cadeirinha, caso contrário, é considerada uma infração gravíssima, uma multa e a perda de 7 pontos da carteira de habilitação, mesmo assim, respondendo ao questionamento inicial, Táxi ou Uber não precisam da cadeirinha de segurança para realizar o transporte de crianças pela cidade. Uma pena!

Tags: Bebê, Cadeirinha, Carro, Criança, Segurança

Enviar comentário

voltar para No Carro

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||