Queimaduras

Publicado por em 17/02/2013 às 10h11

A maioria das queimaduras com bebês, especialmente entre os seis meses e os dois anos, são causadas por comidas quentes e líquidos derramados na cozinha. A água quente da pia e da banheira é também responsável por queimaduras em crianças; essas queimaduras tendem a ser mais graves e cobrem uma porção maior do corpo do que as ocasionadas por outros líquidos quentes. 

Acidentes envolvendo queimaduras matam todo ano cerca de 500 crianças e deixam milhares com seqüelas permanentes, cujo tratamento é, na maioria das vezes, dolorido e demorado.

Uma tomada sem proteção, o cabo da panela virado para fora do fogão, materiais inflamáveis perto do fogo representam perigo. A maioria dos casos ocorre na cozinha, onde crianças brincam nos horários de preparo dos alimentos. Informação e educação são os elementos-chave para prevenir acidentes envolvendo queimaduras.

queimaduras


Como prevenir acidentes envolvendo queimaduras com crianças



• Não deixe fósforos, isqueiros e outras fontes de energia ao alcance das crianças;

• Evite ligar vários aparelhos eletrônicos em uma mesma tomada;

• Substitua as fiações antigas e desencapadas e deixei-as sobre o tapete e não embaixo;

• Guarde todos os líquidos inflamáveis fora da casa e trancados longe do alcance das crianças;

• Muito cuidado com álcool. Ele é responsável por um grande número de queimaduras graves em crianças. Guarde o produto longe do alcance delas. Não deixe que ele faça parte da brincadeira, principalmente quando já houver alguma fogueira ou chama por perto;

• Prefira o álcool em gel, que tem menor poder de combustão (explosão) que o álcool líquido. Saiba mais no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária;

• Fogos de artifícios não devem NUNCA ser manipulados por crianças. Nas festas juninas não permita brincadeiras com balões ou de saltar fogueiras;

• Esteja seguro de que não haja crianças por perto ao acender fogos de artifício;

• Deixe itens inflamáveis como roupas, móveis, jornais e revistas longe da lareira, do aquecedor e do radiador;

• Tire todos os aquecedores portáteis do alcance das crianças;

• Brincadeiras com pipa só devem ocorrer longe dos fios de alta tensão;

• Cozinhe, de preferência, nas bocas de trás do fogão. Não deixe as crianças se aproximarem do fogão quando estiver aceso. Mantenha os cabos das panelas sempre virados para dentro do fogão;

• Não manuseie líquidos ou comidas quentes próximos às crianças;

• Não guarde alimentos, como doces e biscoitos, em prateleiras ou armários sobre o fogão;

• Para evitar acidentes, isole as tomadas com uma fita ou protetor ou mantenha os móveis na frente delas, escondendo-as;

• Cheque os perigos de incêndio. Procure por fios desencapados ou materiais inflamáveis próximos à fonte de calor, como aquecedores de ambiente;

• Não deixe as crianças brincarem por perto quando você estiver passando roupa nem largue o ferro elétrico ligado sem vigilância. Cuidado com os fios dos outros eletrodomésticos. Se possível, mantenha-os no alto;

• Não use toalhas compridas na mesa. A criança pode puxar e derrubar utensílios quentes;

• Teste a temperatura da água do banho do bebê com o cotovelo ou o dorso da mão;

• Velas devem ficar dentro de recipientes não inflamáveis e que as mantenham em pé como em vasos;

• Não deixe velas perto de tecidos, como cortinas e lençol, ou de estruturas de madeira, como santuário e cabeceiras de cama;

• Apague as velas ao sair de casa;

• Se possível, substitua velas e candeeiros por lanternas. 

 

 

Enviar comentário

voltar para Em Geral

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||