TOC na infância

Publicado por em 31/10/2016 às 22h12

A maioria das crianças têm como característica serem cheias de manias e vontades, todo mundo sabe disso. Entretanto, é preciso ficar atento para o momento em que essas manias extrapolam o limite do aceitável e passam a se tornar um problema, tanto para a criança como para a família. É o TOC na infância!

Assim sendo, em alguns casos, essas características estão ligadas ao famoso TOC, o transtorno obsessivo-compulsivo. Por isso, é importante observar a criança e perceber a frequência com que essas manias acontecem.

Isso quer dizer que é importante ver se a criança consegue deixar as manias de lado algumas vezes ou se ela sofre bastante quando tem que fazer isso.

Mas, lembre-se que somente um especialista é capaz de dar um diagnóstico preciso sobre o problema. Até então, o papel da família é observar e identificar alguma irregularidade no comportamento da criança. 

O que os pais precisam saber é que o TOC na infância é muito mais comum do que se imagina e não é motivo para desespero. Sendo assim, basta ficar atento e observar o comportamento da criança e procurar um profissional caso ache necessário.

Vamos tirar mais algumas dúvidas a respeito do assunto?

TOC na InfânciaO TOC na infância tem idade para começar?

O TOC normalmente aparece durante a adolescência, entretanto, quando falamos do TOC na infância é comum que as características apareçam quando a criança tem em média de 6 a 8 anos.

O TOC aparece normalmente nessa idade porque é nesse período que a criança começa a se entender como um indivíduo que faz parte de uma sociedade. Isso porque até essa idade a criança se vê apenas como uma extensão dos que estão ao seu redor.

Como parte desse processo de amadurecimento é comum que a criança adote certos rituais e hábitos, bem como o pensamento obsessivo. É importante lembrar que pequenas manias fazem parte do desenvolvimento natural da criança. O problema mesmo é quando algo esporádico vira rotineiro e causa sofrimento à criança.

E afinal, como diferenciar o TOC na infância das manias?

O TOC é caracterizado pelo sofrimento, ou seja, é um ritual que a criança não consegue deixar de realizar. A consequência disso pode ser vista diretamente no seu desempenho escolar, na relação familiar e também com os amigos.

Por isso é que é tão importante prestar atenção nas atitudes das crianças, percebendo se, de fato, as pequenas manias não vão além do que é saudável para ela, comprometendo alguma parte importante do seu desenvolvimento.

Uma criança, por exemplo, que odeia se sujar e quer trocar de roupa imediatamente quando isso acontece, ou que arruma suas coisas de modo que ninguém pode mexer ou alterar nada de lugar, certamente são casos que precisam de atenção.

Outro exemplo muito comum também são crianças que não aceitam errar. Muitas delas, quando escrevem uma palavra errada, por exemplo, não conseguem simplesmente apagar e reescrever, elas preferem retirar a folha do caderno e começar tudo novamente.

Esses e muitos outros comportamentos obsessivos merecem atenção!

Mas então, como tratar o TOC na infância?

O TOC é um tipo de transtorno que altera a serotonina que é uma espécie de antidepressivo do cérebro. O funcionamento é o seguinte: quanto menores forem os níveis de serotonina, maior será a ocorrência de pensamentos obsessivos e negativos.

Dessa forma, o tratamento do TOC na infância acontece por meio de medicamentos e psicoterápicos que ajudam a estabilizar os níveis de serotonina.

Além disso, terapia também faz parte do tratamento para ajudar a expor a criança aos objetos de sua obsessão, fazendo com que ela entenda que nada catastrófico acontecerá caso o ritual não seja feito.

O mais importante de tudo é que os responsáveis pela criança entendam que o tratamento do TOC na infância abre muitas possibilidades para a vida adulta!

 

Tags: Desenvolvimento, Educação e Comportamento

Enviar comentário

voltar para Educação e Comportamento

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||