Existe idade ideal para começar a aprender um segundo idioma?

Publicado por em 27/08/2018 às 15h15

existe idade ideal para começar a aprender um segundo idioma?

Sabemos o quão globalizado é nosso mundo, tudo está conectado, como uma grande rede. Um conhecimento gerado em uma parte do mundo alcança, em um curto espaço de tempo, a outra parte por meio de ferramentas que contribuem para a difusão de informações. Assim, vivemos em um momento de troca de informações constantes, de inúmeras descobertas em todas as áreas do conhecimento.

Discutir sobre habilidades linguísticas dentro deste contexto é, antes de mais nada, entender o papel da expansão das fronteiras culturais que estamos vivendo. Atualmente, as crianças, já desde muito pequenas, envolvem-se com uma diversidade enorme de culturas, seja na escola, na própria família ou na comunidade em que estão inseridas.

Entendendo a língua como a forma de expressão de uma determinada cultura, podemos perceber o quanto isso está mais próximo de nossas crianças do que há alguns anos. Assistir a um desenho, encontrar um gibi na banquinha da esquina ou apenas escutar uma música oferecidos em uma língua diferente da materna é algo que está em nosso cotidiano. Portanto, sabemos da influência que nossas crianças estão expostas e da importância de incentivar não só o ensino de outras línguas, mas o aprendizado das diversas manifestações culturais e o respeito a elas.  

Porém, há uma grande discussão entre os profissionais da educação sobre a idade ideal para aprender uma nova língua e de que maneira ela deve ser apresentada à criança.

A primeira infância é uma época em que habilidades linguísticas, e não só elas, se desenvolvem muito rapidamente. Logo, compreendemos a facilidade que as crianças têm em aprender algo novo; questões ligadas à plasticidade cerebral e às rápidas conexões cerebrais que acontecem na infância favorecem o aprendizado e o rápido desenvolvimento. Também, como exposto acima, entendemos a importância de descobrir novas formas de se comunicar e entender as diferentes culturas para atuar neste mundo globalizado em que estamos inseridos.

Porém, temos que ter clareza, de que o ensino de uma nova língua só será benéfico se ocorrer de uma maneira natural e com um efetivo projeto pedagógico que ampare toda a proposta da instituição à realidade da comunidade escolar, sem pressões e sobrecargas demasiadas à criança. Não podemos esquecer do principal, o respeito à infância e ao tempo de cada criança. 

 

    
   
psico_karime@yahoo.com.br
(41) 99686-6727
(41) 3338-9806
   
   

 

Tags: Criança, Educação

voltar para Educação e Comportamento

left tsN center fsN bsd c15n show fwB b10s|left fwR tsN b10s bsd|left show fwR normalcase tsN bsd b10s|bnull||image-wrap|news login uppercase fwB|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase c05 fwR|tsN fwR normalcase|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||