Evite enjoos durante as viagens com as crianças

Publicado por em 23/11/2015 às 23h06

Dicas para combater os enjoos das crianças durante as viagens

Dicas caseiras para crianças e adultos combater o mal-estar durante o passeio de carro, navio ou barco

É comum crianças e bebês sofrerem enjoos durante as viagens de carro. Os motivos são variados, desde a ansiedade como maior ingestão de líquidos e alimentos antes de ir passear. Quando esse problema percorre durante toda a infância e a fase adulta pode ser identificada como cinetose.

De acordo com pediatras a cinetose é responsável por causar enjoos, náuseas e mal-estar devido ocorrer mudanças no labirinto sistema responsável pelo equilíbrio. Quando o indivíduo está parado e há movimento a sua volta confunde o labirinto e causa sintomas desagradáveis.

Vamos conhecer algumas dicas para viajar com a criança de forma mais confortável e segura.

O primeiro passo é observar se a criança tem enjoos de vez em quando ou de forma contínua. Em casos constantes é importante procurar o auxílio de um pediatra para ver exatamente o que ocorre.

  • Não dê alimentos pesados antes de a criança andar de carro;
  • Ofereça líquidos durante o percurso e brinquedos para entreter;
  • Crianças maiores devem evitar ficar mexendo no celular, laptops e afins;
  • Ao dirigir, se possível, faça curvas mais abertas e dirija em menor velocidade;
  • Os medicamentos só devem ser tomados com a indicação de um médico especialista.

Dicas caseiras para combater os enjoos durante as viagens

O gengibre é um excelente aliado de crianças e adultos que sofrem de enjoo durante as viagens de carro. A dica é tomar o chá de gengibre antes de ir passear. A vantagem do gengibre diante dos demais medicamentos é que este não apresenta o sintoma de sonolência e visão turva. É natural e saudável.

Pulseiras de acupressão

Essas pulseiras são vendidas nas farmácias e também podem ajudar no combate ao enjoo durante as viagens de navio, carro, barco ou avião. A pulseira atua fazendo pressões nos locais responsáveis por controlar a formação do mal-estar.

Importante:

Não é comum crianças menores de dois anos sentirem enjoo. Nesse caso é indicado o comparecimento ao médico para indicações e aconselhamento. Em adultos quando os enjoos estiverem acompanhados de dores fortes na cabeça que se perpetua por mais de 24 horas aconselha-se também uma consulta com o médico especialista (otorrino) para análise do quadro.

Fonte  www.ativasabc.com.br

Tags: Educação e Comportamento, Passeio, Viagem

Enviar comentário

voltar para Educação e Comportamento

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||