A importância de ter um irmão

Publicado por em 30/09/2013 às 22h51

Irmãos são pessoas que têm um forte laço de amizade, convivência e amor. Sejam eles biológicos, adotivos, gêmeos ou de pais diferentes. O importante é saber que o crescimento de uma criança é enriquecido com a presença de um irmão.

Irmão um laço de amor

Brigam e se amam ao mesmo tempo, crescem juntos e passam a maior parte da infância dividindo tudo. Com os irmãos é que a criança aprende uma divisão diferente, pois tem de dividir a casa, os brinquedos, os pais e a atenção.

Claro que existem as brigas, os gritos, as disputas, mas nada explica a cumplicidade entre irmãos, seja quando fazem alguma coisa errada ou apenas a cumplicidade do amor um pelo outro. Irmãos são exemplos de comportamento, de como enfrentar a vida e conviver em grupo. A convivência é uma oportunidade para errar, testar o limite do outro, aprender a ter paciência, a admirar, a se frustrar e a amar.

Os pais são responsáveis por formar os filhos, transmitir valores, dar a direção dos caminhos e ajudar na formação do caráter. Mas, no dia a dia, eles prestam atenção no que o outro está fazendo, no exemplo a ser seguido.

A importância de ter um irmãoQuem tem mais de um filho já deve ter observado a admiração de um pelo outro, independentemente da idade. Por isso, a importância de estabelecer uma relação de companheirismo entre os filhos. Cabe aos pais ensinar como um deve respeitar o outro, minimizando os ciúmes, estimulando a solução dos conflitos e, acima de tudo, estabelecer uma relação de cooperação entre eles. A administração é difícil, mas tem de ser feita.

Brigas entre irmãos acontecem e, muitas vezes, é sinal de afeto. Difícil é quando eles se ignoram, criando um relacionamento frio e distante no futuro. Deixe que eles discutam, conversem e resolvam sozinhos, assim, estarão aprendendo a ceder, a trocar e, o mais importante, a se amar. Observe e esteja atento: se a discussão passar do limite, é a hora de os pais intervirem.

A comparação entre irmãos, quando feita pelos pais, deve ser de maneira cuidadosa, pois pode gerar rivalidade e desinteresse. Dizer que um filho é melhor que o outro, pode fazer com que a criança deixe de tentar ou de fazer algo simplesmente por já ter em mente que o irmão é melhor. É importante ser justo e saber que mesmo sendo irmãos cada um tem características diferentes, então, nada de tratamentos em série.

Irmão é uma relação pra vida toda, amor, respeito, diferença, rivalidade fazem parte do relacionamento e claro uma briga ou outra sempre vai existir. Irmãos estarão ligados para sempre!

Vanessa Motta Reis

Tags: Desenvolvimento, Educação e Comportamento

Enviar comentário

voltar para Educação e Comportamento

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||