Rotina do recém-nascido: como adequá-la a você e ao seu bebê

Publicado por em 14/11/2015 às 17h46

Você se sente preocupada com os primeiros cuidados e com a rotina do seu recém-nascido? Saiba que é supernatural e toda mãe passa por esse “trauma” quando chega do hospital e precisa cuidar do bebê.

Afinal, são muitas incertezas, inseguranças, interferências da família… Mas fique calma, porque você ainda vai sentir muita saudade dessa fase e logo, logo se acostuma com essa nova experiência.     

Iremos ajudar você, mamãe, a como se sentir mais segura e feliz para curtir esse momento tão íntimo e tão importante para você e para seu filhote. Então, não perca!

Rotina do recém-nascido: como adequá-la a você e ao seu bebê

 

Quando o recém-nascido chega à sua casa, a família começa a se adaptar a uma nova realidade, portanto a uma nova rotina também. Nas primeiras semanas, a mãe pode se sentir cansada pela preocupação com o bem-estar do recém-nascido e ter dificuldade de conseguir tempo para cuidar de si, alimentar-se bem, repousar e dormir.

Mas saiba que, aos poucos, o bebê estabelece sua própria rotina: horários de sono, intervalos de mamadas, etc. E tudo tende a ficar mais fácil.

Se estabelecermos uma rotina, aos poucos vamos conseguindo perceber por que o bebê chora e começamos a entender exatamente o motivo do chorinho: fome, hora de trocar a fralda ou sono!

Que tal aprender algumas dicas para tornar a nova rotina mais tranquila? Então vamos lá!

A troca de fraldas

Os pediatras aconselham que a fralda seja trocada antes da mamada, pois se o bebê adormecer ao final da amamentação, você não precisará incomodá-lo novamente. Agora, se o bebê estiver impaciente ou chorando com fome, a troca de fralda pode ser deixada para o final da amamentação, senão ele fica irritadinho e os pais se desesperam à toa. O importante é que a higiene seja feita logo após as eliminações, para afastar o risco de assaduras. E, por falar em assaduras, passe um creme antiassaduras após a troca de fraldas. Peça a seu pediatra um produto adequado à pele de seu bebê.

Amamente seu filho com intervalos corretos

Durante o dia, as mamadas devem ter, no mínimo, um intervalo de 2 horas e, no máximo, de 4 horas. Nem sempre que o bebê chora é fome, portanto tente dar as mamadas em intervalos corretos para melhorar a rotina deles. E, se lembrarmos, por exemplo, que o bebê mamou bem, tendo se passado apenas uma hora e ele está chorando, provavelmente não é fome. Pode ser que esteja na hora de trocar a fralda. Quando o bebê está “sujinho”, ele se sente incomodado sim e sente um alívio enorme quando a gente troca a fralda dele.

Coloque o bebê para arrotar após a mamada

Depois que o bebê mamar, mantenha-o no seu colo e em posição ereta para ele arrotar. Se o bebê não arrotar depois de 10 a 15 minutos, pode ser colocado novamente no berço para dormir. Recém-nascidos dormem bastante, principalmente logo após a mamada. Esse intervalo é o momento ideal para a mamãe relaxar, dormir ou alimentar-se.

O horário ideal para o banho

Não existe um horário ideal para o banho. Ele pode ser dado no momento mais conveniente para a família. Entretanto, convém observar que os bebês costumam relaxar quando estão na banheira e dormem bem após o banho. Por esse motivo, alguns pais preferem dar o banho à noite para favorecer o sono da criança. 

Se seu bebê nascer no inverno, não é aconselhável dar o banho à noite, pois ele pode ficar gripadinho, sem necessidade, é claro. Você pode dar o banho pela manhã, aí ele dorme um pouquinho antes do almoço e dá tempo de você preparar uma refeição, depois que já estiver mais recuperada ou, quando estiver ainda na primeira semana, você pode almoçar com mais tranquilidade. Ou, se preferir, dê o banho logo no início da tarde, quando estiver faltando aproximadamente uma hora para a próxima mamada. Assim, depois de tomar o banho e de mamar, ele costuma dormir bem e você pode aproveitar para descansar um pouco também.  

Já, no verão, convém deixar o banho para mais tarde, para o bebê ficar mais calminho. Dependendo da temperatura da região onde você mora, quando o recém-nascido já tiver completado um mês, você pode até dar um banho pela manhã e outro mais à tardinha. Nesse segundo banho, não lave a cabecinha dele. Evite confusões! O segundo banho deve ser mais rápido e é mesmo só para o bebê se refrescar. 

Uma dica: Antes de iniciar o banho, feche janelas e portas, de modo que se evitem correntes de ar. Separe todo o material necessário e as roupinhas. Nada de pegar toalha ou qualquer objeto enquanto o bebê está no trocador. Aliás, o mais indicado é trocar o bebê sobre uma cama ou sobre o berço dele, pois é muito mais seguro. 

Passeios com o seu bebê

Rotina do bebê - Passeios com o recém-nascidoOs recém-nascidos são mais frágeis e têm menor imunidade contra doenças, pois ainda não tomaram nem a metade das vacinas. Não quer dizer que você precisa manter o bebê apenas no quarto, até mesmo porque é necessário que ele tome 1 minutinho (Atenção! 1 minutinho) de sol, entre as 9 e as 11 da manhã, pois evita que o recém-nascido fique amarelinho.

No primeiro mês de vida do bebê, ele dorme a maior parte do tempo e é saudável respeitar essa fase. Passeios curtos, com o bebê no carrinho, feitos no quintal da casa ou na área de lazer do condomínio, entre as mamadas da manhã ou do final da tarde, são recomendados após as primeiras semanas. É um momento relaxante para a mamãe, pois você terá a oportunidade de caminhar e distrair-se, o que ajuda a recuperar as energias.  

Os pediatras não aconselham que as mães passeiem com o bebê fora desses ambientes, pelo menos nas primeiras semanas, muito menos em locais superlotados, em que as bactérias se proliferam e o risco de contrair “viroses” é maior.

Não se preocupe! Você ainda terá muito tempo para fazer passeios mais longos com seu bebê.

Crie um ritual de sono adequado para o bebê

Rotina do recém- nascido - Crie um ritual de sono adequado para o bebêNas primeiras semanas de vida, os bebês dormem uma média de 16 a 18 horas por dia.

Nos primeiros dias, o bebê pode cochilar constantemente sem dar um pio (a menos que tenha cólica). O recém-nascido pode cair no sono em uma bolsa de bebê, em um carrinho de bebê, ou no berço enquanto você dobrar a roupa.

Uma superdica é criar um ritual sempre igual na hora de dormir, para sinalizar ao bebê que já é hora de ir para a cama. O recém-nascido fica mais relaxado se souber o que vai acontecer. Quanto mais relaxado ele estiver, mais provável será que ele durma sem problemas. Alguns pais costumam colocar uma música suave, em volume bem baixinho ou o coloquem para mamar, antes de dormir.

 O ritual que antecede o sono tem de ser repetido diariamente. Massagem, banho, troca de fralda e mamada à meia-luz, canção de ninar, carinho, fechar as cortinas na presença do bebê… Enfim, você pode escolher o que mais lhes agrada, contanto que seja algo relaxante e prepare seu bebê para dormir. 

Criar uma rotina é importante para toda a família do recém-nascido, mas você pode adequá-la à sua realidade. E lembre-se de que essa rotina não ocorre da noite para o dia, por isso é importante repeti-la todos os dias.

Tags: Desenvolvimento, Educação e Comportamento, Rotina

Enviar comentário

voltar para Educação e Comportamento

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||