Mãe X Mulher: Reserve um tempo para você, sem culpas!

Publicado por em 27/06/2016 às 23h52

Mãe X Mulher: Reserve um tempo para você, sem culpas!

Mãe X Mulher

Vamos falar sobre uma pessoa extremamente importante na vida do seu filho: você! Desde que ele surgiu em sua vida, teve prioridade total e por ele sua vida mudou radicalmente, não foi?

Após o nascimento a dedicação continuou intensa e você quase... quase perdeu a própria identidade em favor dele.

São de extrema importância a dedicação e os cuidados maternos, mas permita-me dizer – se você não tiver com você a mesma dedicação e cuidados, em breve ele não terá mais o mesmo amparo.

Por quê? 

Óbvio: ninguém se mantém de pé sem a devida alimentação e a da alma humana não é material. Vou me explicar melhor.

Você não deixou de ser mulher ao se tornar mãe; aliás, ficou muito mais feminina, sensível e focada. Mas muitas mulheres envolvem-se tanto na maternidade que deixam no esquecimento este seu lado imprescindível: o que cuida do seu "eu".

É preciso retomar os investimentos em si mesma e reconhecer-se novamente como você. Eu sei, eu sei, você nunca mais será a mesma depois de ser mãe; sei disso e acho maravilhoso. Mas que tal resgatar e aprimorar a mulher que existia antes?

É absolutamente possível conciliar as duas: a mãe e a mulher. E sem culpa! Afinal, o resultado agradará e beneficiará a todos, inclusive você. O caminho: você é que deverá construí-lo a partir de sua rotina, mas vou deixar aqui alguns pontos para o primeiro passo:

  • O primeiro passo é a mudança de foco: eu.
  • O segundo é a quebra dos hábitos antigos (aqueles que não incluíam você)
  • Uma reflexão interior e perceber o que tem lhe causado mais falta
  • Ver-se como antigamente (ou veja a mãe atual sob outro ângulo)
  • Perseverança no cuidado de si
  • Retomada da autoestima.

O primeiro passo é importantíssimo! 

Que tal escolher aquela roupa que mais gostava e voltar a usá-la? E a maquiagem? Um novo corte de cabelo? Que tal uma nova cor?

Manicure e pedicure ‘caseiros’ caso a saída para o salão ainda seja um transtorno. Crie um tempinho para ler algo do seu agrado. Demore um pouco mais no banho, talvez utilizando um esfoliador para o rosto, um óleo corporal; você merece este carinho! Ouça música! Veja um bom filme! Dance!

O processo é a retomada do seu amor por você! Sem culpa, sem cobranças, sem justificativas! Aos poucos você incluirá, a cada oportunidade, um pedacinho de você no novo papel que desempenha tão bem – o de ser mãe.

E depois colha o resultado: a alegria aumentada e a reciprocidade dela no rosto de seu bebê; o olhar admirado e incentivador do papai; os comentários das colegas de trabalho; aquela piscadela de olho à frente do espelho e a certeza de estar, a cada dia, muito melhor!

 

Categoria: Maternidade

Enviar comentário

voltar para Diário de Mãe

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||