Lavando as roupinhas do bebê na primeira e na segunda gravidez

Publicado por em 02/09/2014 às 21h13

Algumas coisas mudam da primeira para a segunda gravidez e aqui em casa tem sido assim, na primeira parece que temos mais tempo para fazer algumas coisas para a chegada do baby, cuidamos da barriga que não para de crescer e fazemos o enxoval com toda calma e nos mínimos detalhes, na minha segunda tenho buscado principalmente praticidade, claro que não estou deixando os cuidados de lado, mas por experiência tenho sentido a gravidez passar mais rápido e menos tempo para cuidar de algumas coisas afinal tenho que dividir o tempo com os cuidados da Malu minha primeira filha.

Resolvi escrever sobre a lavagem das roupinhas para ajudar algumas mães que estão iniciando e trocar a experiência com as que estão também como eu na segunda gestação, mas isso é só minha opinião, claro que cada mãe sabe o que o melhor para o seu filho.

Primeira X Segunda Gravidez

Então vamos lá, tanto no primeiro como no segundo enxoval, acho importante que tudo do bebê seja lavado, o lençol, o kit de berço, as luvinhas o gorrinho... tudo, as peças são novas, mas desde a confecção até chegar à nossa casa passa pela mão de muitas pessoas e a pele do bebê nos primeiros meses de vida é muito sensível e com isso o bebê pode ter alergias e até dermatites com mais facilidade. Minha sugestão é que se você tiver muitas peças de diversos tamanhos RN, P, M e G porque muitas vezes ganhamos muito ou até mesmo exageramos na hora de comprar, dê preferência para lavar os tamanhos que você vai usar primeiro, o RN e o P que vai servir aproximadamente até três meses, os outros tamanhos você pode ir lavando depois quando tiver que substituir as peças que não servem mais no bebê.

Claro que sempre vai ficar faltado alguma coisa ou vamos deixar pra última hora mesmo, isto é inevitável, afinal somos humanas, na gravidez da Malu quando completei sete meses estava com tudo pronto, lavado, passado e organizado nas gavetas com direito a mala da maternidade pronta, que beleza hein?! Bom, já na segunda gravidez estou entrando no sétimo mês e começando a lavar para depois organizar, mas como não sabemos os imprevistos que podem acontecer e nem a hora que o baby vai resolver chegar certinho acho que o ideal é que até o oitavo mês esteja tudo pronto e preparado.

Lavando as roupinhas do bebê na primeira e na segunda gravidezNa primeira gravidez todas as roupinhas foram lavadas a mão. Comprei duas bacias rosa para que não fossem misturadas com as que eram usadas para outras finalidades, usei sabão de coco liquido (porque todo mundo me dizia que era o melhor), separei as cores claras, escuras e brancas, deixei as peças ficarem mais ou menos 15 minutos de molho e foi esfregada a mão, enxaguadas duas vezes do lado direito e o terceiro enxague do avesso, colocadas no varal para secar a sombra, passadas do avesso e do direito e organizadas no armário da Malu.

Na segunda gravidez as roupinhas estão sendo lavado na máquina na função delicada, como não gosto muito do cheirinho do sabão de coco, desta vez estou usando Omo roupas delicadas e para bebê que tem um cheirinho bem suave, estão sendo colocadas para secar no varal, passadas também do avesso e sendo organizadas nas gavetas, somente as peças muito delicadas é que estou deixando para ser lavada a mão. Mesmo lavando a máquina acho importante ter uma ou duas bacias só para o bebê, no caso de precisar deixar alguma peça de molho. Uma dica é colocar as peças todas abotoadas na máquina, principalmente os bodys e macacões que tem botões de pressão (pode não parecer, mais os botões de pressão são frágeis e caem com facilidade).

Nas duas gestações as roupas de cama e banho, mantas de malha, cueiro de malha lavei na máquina, mas sempre separado das nossas roupas (adultos), só comecei a lavar as da Malu junto com a nossa quando ela completou dois anos, da Valentina pretendo fazer o mesmo.

Pelo que andei pesquisando e por um pouquinho de experiência, a importância esta no enxague para não ficarem resíduos químicos na roupa do recém-nascido, então se você optar por lavar na máquina programe um enxague a mais.

Tanto a bacia que foi separada para lavar as peças do enxoval, como a máquina pode ficar com resíduos químicos da última lavagem, então é bom sempre fazer um enxague na máquina antes de lavar as roupinhas ou lavar as bacias antes de deixar as peças de molho.

As roupas do bebê são tão pequenas e delicadas, que eu tinha um pouco preocupação de estraga-las na máquina, mas sinceramente, não tenho notado diferença, nem no desgaste e nem na maciez, claro que as mais delicadas de tecidos finos, tenho deixado para lavar a mão mesmo. Uma dica de mãe pra mãe é sempre dar uma olhadinha na etiqueta do fabricante para ver as indicações de lavagem.

Não tenho usado a secadora, primeiro porque acho que algumas peças podem encolher e porque no varal acho que as peças ficam mais cheirosas e macias, mas pode ser que depois que a Valentina chegar eu mude de ideia, hoje as da Malu eu lavo e seco e tem peças que nem tem necessidade de passar vão direto para o armário.

Algumas mães depois de lavar e passar guarda em sacos plásticos ou de TNT para não pegar pó até a chegada do baby, mas eu sinceramente não fiz isso na primeira gravidez e também não estou fazendo agora. Na primeira vez não tive problemas.

Ahhh... Não poderia deixar de contar que a Malu esta me ajudando, ela faz questão de colocar os prendedores nas roupinhas e ajudar em tudo que é feito para irmã, não é uma fofa?!

 

Mamãe
Vanessa Motta Reis

Categoria: Experiências

Enviar comentário

voltar para Diário de Mãe

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||