Dar ou não chupeta ao nosso bebê?

Publicado por em 03/11/2014 às 22h48

Dar ou não chupeta ao nosso bebêEste é um assunto que causa dúvidas e polêmicas não é mesmo? Confesso que quando engravidei da Malu me fiz essa pergunta várias vezes dar ou não chupeta para minha filha. Vou então falar um pouquinho da minha opinião sobre o uso da chupeta, mas também respeito às opiniões contrárias, pois para mim, todas as mães querem o melhor ao filho mesmo que de maneira diferente.

Sempre ouvi que o uso da chupeta não seria bom para o bebê, como coisas do tipo: “não dê ao seu filho, estraga os dentes e atrapalha a dicção” ou “é muito feio uma criança chupando chupeta” e ainda cheguei a ouvir “criança que chupa chupeta não mama no peito”, pronto! Essa foi a pior, me desesperei e com isso a dúvida só aumentou. Por outro lado, mesmo tendo ouvindo tudo isso eu já tinha trabalhado com produtos direcionados exclusivamente ao público infantil e mães e me lembro de que muitas (e não foram poucas) me disseram “dei e para mim foi à solução” e outras me disseram “antes a chupeta do que o dedo”.

Quando arrumei a mala para maternidade para ganhar a Malu coloquei duas chupetas na caixinha e enfiei na mala e pensei, vamos ver no que vai dar! Optei por usar o bom senso e ver se iria dar certo.

No início sofri bastante com a amamentação, eu não sabia amamentar e a Malu não pegava direito, não desisti por isso, logo na primeira noite ela chorou muito e foi quando eu e meu marido decidimos dar sim a chupeta, percebi duas coisas naquele instante, era de fato como um calmante, mas minha filha estava com fome, literalmente, a enfermeira passou a madrugada comigo e com ela até que conseguimos e eu pude amamentar.

Primeiro desafio resolvido e agora vinha o segundo já no quinto dia ela começou com as cólicas e advinha? Novamente a chupeta! Claro que chupeta não resolve cólica de bebê, mas me ajudava acalma-la. E com isso a Malu acabou usando a chupeta até os dois anos de idade, o que não atrapalhou a amamentação, nem a dicção e também não deformou a arcada dentária.

Aqui em casa fazia assim, oferecia a chupeta quando ela começava a chorar até que eu pudesse descobrir o porquê do choro, na maioria das vezes ela usava para dormir, mas assim que adormecia eu retirava com cuidado a chupeta colocava na caixinha e deixava que ela dormisse sem fazer uso da chupeta, me ajudava bastante. Durante o dia tentava distrai-la com outras coisas, enfim não posso dizer que não se torna um vício, mas com paciência, firmeza e bastante conversa conseguimos retirar tranquilamente a chupeta da Malu aos dois anos e três meses ela já não usava mais.

Se você optou por usar chupeta, a minha dica de mãe é:

  1. Use chupetas ortodônticas e que seja adequada a idade do seu filho, nas embalagens elas vêm marcando para qual idade a chupeta corresponde, normalmente de 0 a 6 meses ou de 6 a 18 meses, algumas marcas têm de 0 a 2 meses. O que muda? O tamanho do bico da chupeta aumenta de acordo com o crescimento da boquinha da criança.
  2. Determine horários específicos para o uso da chupeta, aqui em casa era usada na maioria das vezes para as sonecas e sono noturno que era quando a Malu mais ficava enjoadinha, mas assim que o bebê adormecer você pode retirar e se prestar atenção vai ver que o bebê para de sugar quando adormece e não precisa mais da chupeta.
  3. Amamentar é prioridade para o bebê, então caso você perceba que ele mama menos porque esta preferindo a chupeta ou porque esta ganhando pouco peso peça uma orientação ao seu pediatra.
  4. Se você optar pelo uso da chupeta não esqueça que a higienização precisa ser adequada, eu sempre tinha uma chupeta reserva comigo para o caso de cair no chão e estar em algum lugar que eu não pudesse lavar ou esterilizar novamente.  A chupeta do bebê precisa ser esterilizada pelo menos uma vez ao dia.
  5. A fase oral da criança vai até os dois anos e idade, passado este período, é bom começar a pensar em como será a retirada da chupeta.

Quer saber como retirei a chupeta da Malu? Não sei se fiz correto, mas funcionou e foi na base da negociação e da troca. Malu faz aniversário em setembro e logo que completou dois aninhos começamos (eu e meu marido) a contar a história do papai Noel e ela foi se interessando, quando montamos a Árvore de Natal em casa combinamos que ela colocaria as chupetas na árvore para o papai Noel levar e em troca o bom velhinho deixaria uma bicicleta pra ela.

Ela colocou as chupetas na árvore e conforme foi se aproximando do natal o papai Noel levava uma chupeta por noite. A gente sempre mostrava que uma tinha sumido e explicava que a bicicleta estava chegando, foram muitas noites em que ela pediu a chupeta, mas sempre falava que se ela pegasse a chupeta de volta o papai Noel não deixaria mais a bike, que dó! Mas funcionou, a bicicleta chegou e as chupetas foram embora.

A Organização Mundial de Saúde entende que o uso da chupeta pode desestimular o aleitamento materno e por isso deveria ser contraindicada. Mas outros estudos apontam que não há interferência no aleitamento e que a chupeta ortodôntica pode ser usada sem o risco de deformar a arcada dentária.

Portanto mamães o que vale é a sua opinião de mãe e o bom senso sempre!

Beijos e até a próxima.
Mamãe
Vanessa Motta Reis

 

Categoria: Filhos

Enviar comentário

voltar para Diário de Mãe

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||