Amamentar não é coisa de pobre é coisa de mãe!

Publicado por em 04/11/2015 às 14h45

Amamentar não é coisa de pobre é coisa de mãeDizer em uma rede social que amamentar é coisa de pobre é no mínimo não ter informação e nem sensibilidade sobre o assunto amamentação. Na minha opinião, acho que está moça não tem nem de longe a real noção do que é para muitas mães amamentar um filho.

Independente de classe social ou situação financeira amamentar é um dos maiores benefícios que podemos oferecer a criança, e acho um tanto preconceituoso dizer que pobre amamenta porque não pode comprar leite industrializado ou que mãe que tem dinheiro não prolonga a amamentação ou oferece mamadeira por estética ou praticidade.

Hoje em dia as fórmulas como citada na declaração estão sim cada vez mais eficientes, pois as indústrias que trabalham para fornecer um alimento infantil estão cada vez mais preocupadas em oferecer o melhor, mas dizer que um leite de fórmula é como o leite materno, isso NUNCA. Está muito longe de ser igual. Ela pode sim ser oferecida, mas quando a mãe não consegue ou por algum motivo não pode amamentar, pode sim ser usada como complemento quando existe a necessidade e pode também ser oferecida por opção da mãe que não quis amamentar, o que neste caso cabe muito respeito pois cada mulher tem o direito de escolher o que quer para o seu filho.

Uma criança precisa de amamentação exclusiva até o sexto mês de vida e depois a introdução a novos alimentos para que a criança possa experimentar novos sabores, aprender a comer, a mastigar, mas dizer que depois do sexto mês o bebê não precisa ser amamentado com leite materno vai contra o que o próprio Ministério da Saúde orienta.

Dizer que a amamentação é incentivada pelo Ministério da Saúde para que o governo possa fazer economia é não ter noção nenhuma do que o leite materno proporciona a saúde de um bebê.

Sobre a foto na qual é feita a referência onde a mãe amamenta o filho em cima de uma bicicleta dizendo que a mãe só quer aparecer, penso que devemos nos preocupar mais com os nossos e deixar os outros optarem por aquilo que acha melhor para ele, a mãe poderia parar, sentar e amamentar? Sim poderia! Mas optou por não fazer e pelos motivos dela amamentou na bicicleta mesmo. Mas isto não nos cabe julgamento.

Amamentar não é coisa de pobre é coisa de mãe!

 

Vanessa Motta

Categoria: Maternidade

Enviar comentário

voltar para Diário de Mãe

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||