Síndrome da separação em crianças

Publicado por em 22/03/2016 às 13h47

As crianças, muitas vezes, passam por uma fase em que sentem medo de pessoas desconhecidas e de lugares pouco familiares também. A ansiedade da separação é normal em crianças muito novas, quando elas têm entre 8 e 14 meses de idade. Mas até que ponto?

Síndrome da separação ou Transtorno de ansiedade da separação em criançasImagem:Thinkstock

Síndrome da separação em crianças: o que é normal e o que não é

Bem… Quando esse medo ocorre em uma criança com mais de 6 anos de idade, é excessiva, e dura mais de quatro semanas, a criança pode ter o que os psicólogos chamam de transtorno de ansiedade de separação.

O que é a síndrome da separação?

O transtorno de ansiedade de separação é uma condição na qual uma criança fica com medo e nervosa quando está longe de casa ou separada de um ente querido, geralmente um dos pais ou de alguém com quem a criança possui um tipo de ligação afetiva. Ou então de alguém com quem a criança tem costume de ficar, como a babá, por exemplo.

Algumas crianças também desenvolvem sintomas físicos, como dores de cabeça ou dores de estômago, com o pensamento de serem separadas do adulto. O medo da separação causa grande sofrimento para a criança e pode interferir nas atividades normais dela, como ir à escola ou brincar com outras crianças.

Na infância, choro, ataques de raiva ou birras são reações saudáveis ​. E é natural que o seu filho se sinta ansioso quando você dá um “tchauzinho” a ele. Embora possa ser difícil, a ansiedade da separação é uma fase normal de desenvolvimento. Com compreensão e estratégias de enfrentamento, essa ansiedade pode ser aliviada e deve desaparecer à medida que a criança cresce.

No entanto, se os sintomas de ansiedade se intensificarem ou persistirem a ponto de prejudicarem essa criança na escola ou em outras atividades de interação social, ela necessitará de tratamento, ou seja, de um acompanhamento psicológico.

É que algumas crianças sofrem de um transtorno de ansiedade de separação que não vai embora, mesmo com os melhores esforços dos pais. Essas crianças experimentam uma continuação ou recorrência de intensa ansiedade de separação durante seus anos de ensino fundamental ou além. 

Os sintomas mais comuns do transtorno de ansiedade de separação: preocupações e medos

As principais diferenças entre a ansiedade de separação saudável e o transtorno de ansiedade de separação são a intensidade do medo de seu filho e se esses medos se mantêm constantes em atividades rotineiras.

Crianças com transtorno de ansiedade de separação podem se tornar agitadas apenas ao pensarem que podem estar longe da mãe ou do pai, e podem se queixar  de náuseas, cansaço, etc., para evitar brincar com os amigos ou a frequentar a escola. Quando os sintomas são muito intensos, essas ansiedades viram um transtorno, que precisa de tratamento, como já vimos aqui.

Como a criança se sente:

  • O medo de que algo terrível vai acontecer com um ente querido. Uma criança com transtorno de ansiedade de separação sente enorme preocupação de que algo venha a prejudicar um ente querido na ausência dela. Por exemplo, a criança pode constantemente se preocupar com um pai, se este fica doente ou se machuca. 
  • Crianças com transtorno de ansiedade de separação podem  temer que, uma vez separadas dos pais, que alguma coisa ruim pode acontecer a elas. Por exemplo, se preocupam muito em serem sequestradas ou se perderem.
  • Ter pesadelos sobre separação. Crianças com problemas de ansiedade de separação muitas vezes têm sonhos assustadores sobre seus medos. 
  • Recusar-se a ir à escola. Sentem um medo irracional da escola e vai fazer quase qualquer coisa para ficar em casa.
  • Relutância em ir dormir. O transtorno de ansiedade de separação pode fazer essas crianças ficarem insones, seja por causa do medo de estarem sozinhas ou devido a pesadelos sobre separação.
  • Queixam-se de doença física, como uma dor de cabeça ou dor de estômago. No momento da separação, ou antes, as crianças com transtorno de separação queixam-se frequentemente que não estão se sentindo bem.
  • Agarram-se ao cuidador. Crianças com problemas de ansiedade de separação costumam se agarrar ao braço ou nas pernas do adulto.

As causas mais comuns do transtorno de ansiedade de separação em crianças

O transtorno de ansiedade de separação ocorre porque uma criança se sente insegura de alguma forma. Dê uma olhada em tudo o que possa ter provocado esse “desequilíbrio” em seu filho, ou fez-lhe sentir ameaçado, a ponto de ter perturbado a rotina normal dele.

A seguir, leia quais são as causas comuns de transtorno de ansiedade de separação na infância:

  • Mudança no ambiente. Em crianças propensas a ansiedade de separação, é possível que as mudanças, como uma casa nova, mudança de escola ou creche, podem desencadear transtorno de ansiedade de separação.
  • Estresse. Situações estressantes, como a perda de um ente querido, incluindo um animal de estimação, podem desencadear o transtorno de ansiedade de separação.
  • Superproteção dos pais. Em alguns casos, o transtorno de ansiedade de separação pode ser a manifestação da própria ansiedade dos pais. E isso acabam passando para os filhos.

Dicas para lidar com a ansiedade de separação em crianças

A família pode ajudar a combater o transtorno de ansiedade de separação, tomando medidas para fazer a criança se sentir mais segura.

  • Proporcionar um ambiente acolhedor e tranquilizador em casa pode fazer o seu filho se sentir mais confortável.  Mesmo que seus esforços não resolvam completamente o problema, sua empatia só pode fazer as coisas melhorarem.
  • Eduque-se sobre o transtorno de ansiedade de separação. Se você aprender sobre como a criança apresenta esse distúrbio, como está se sentindo, você pode mais facilmente simpatizar com suas lutas.
  • Escute e respeite os sentimentos de seu filho. Para uma criança que já pode se sentir isolada por sua desordem emocional, a experiência de ser escutada pode ter um efeito de cura poderoso. 
Tags: Desenvolvimento, Síndrome Da Separação

Enviar comentário

voltar para Desenvolvimento

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||