Tania Novinsky - Psicóloga Perinatal

Drª Tania Novinsky - Psicóloga PerinatalMeu nome é Tania Novinsky Haberkorn  sou psicóloga perinatal... o que é isso?  

Tudo que tem a ver com gravidez, parto e pós parto e os primeiro anos da criança... não tem um corte tão especifico.Se as questões ainda estão muito fortes e a mãe ainda precisa de suporte para achar seu equilíbrio depois da maternidade eu tenho o maior prazer em ajudar.

Minha jornada começou há 10 anos atrás quando voltei para o Brasil com um filho de 2 anos e comecei a perceber que as mães não estavam dando conta de todas as exigências que a sociedade estava impondo. No geral via mães muito sozinhas, estressadas e se culpando por não darem conta. 

Durante alguns anos trabalhei em um projeto muito legal que eu e uma amiga psicóloga criamos: chamava Mãe Pessoa. Tinha o objetivo de ajudar as mães a equilibrarem melhor esses inúmeros papéis sem tanta culpa e sem tantas cobranças. Era um projeto lindo, teve muitas ramificações e ajudou muitas mães! Depois posso falar mais sobre ele. Em poucas linhas, era um percurso que as mães caminhavam em grupo, com temas relacionados a maternidade onde cada uma ia se reorganizando e fazendo os ajustes necessários para viver uma vida menos insana e mais possível. 

Em 2008 conheci uma pessoa muito importante que estava formando as primeiras turmas no Brasil de psicólogas perinatais.  Tive muita sorte, porque ela me possibilitou entrar muito mais a fundo nesse tema e aumentar minhas redes e ajudar mais mães, famílias e bebês.  

Todo mundo precisa de uma psicóloga perinatal? Quem precisa? 

Não. Nem toda mãe vai precisar de uma psicóloga perinatal. Mas muitas vão, porque é um período muito delicado, são muitas mudanças, muitas expectativas e infelizmente hoje as exigências para os pais são muito altas e o suporte muito aquém das exigências. 

No que uma psicóloga perinatal pode te ajudar? 

Já vou logo dizendo que eu não ensino ninguém a ser mãe! Mãe a gente aprende na relação com o filho, no cuidado, no carinho, na nossa disponibilidade e nos nossos limites. O que eu posso te ajudar é achar o seu jeito de ser mãe que vai te trazer mais satisfação, que esteja mais perto dos seus valores e das suas necessidades. Numa escuta cuidadosa, sem criticas e julgamentos, vou te ajudar a escutar a sua voz e te oferecer o suporte necessário para você bancar o que você acredita ser o melhor para você e para sua família. Hoje temos muitas vozes dissonantes, muitos manuais de como ser uma mãe melhor, de como dar conta de tudo, de como criar filhos... e todo mundo tem uma opinião para te oferecer de como você deve fazer. Eu vou te oferecer o caminho contrário! Chega de tantas vozes, vamos ouvir a sua voz hoje! Vamos dar valor ao que você está sentindo e o que você está precisando e vamos viabilizar esse caminho. Eu posso sim te oferecer ferramentas para chegar lá. Mas você me diz onde e como quer chegar. Hoje falo com certeza que esse caminho é possível, porque já ajudei muita gente nesse percurso. É um trabalho delicado, sensível, porém eficaz, que te coloca no lugar que você gostaria de estar como mãe, como pessoa, como mulher.  

Toda semana trago algo novo, assim  você vai poder conhecer mais sobre esse trabalho e encontrar o seu jeito de ser a mãe! 

Com carinho, Tania Novinsky.

Tags: Colunistas, Tania Novinsky

voltar para Colunistas

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||