Dicas para se organizar e trabalhar em casa após a chegada do bebê

Publicado por em 06/03/2017 às 14h32

11 Dicas para se organizar e trabalhar em casa

Se você já é mãe sabe a mudança que ocorre na sua rotina depois que nascem os filhos. Atualmente é cada vez maior o número de mulheres que optam por trabalhar em casa e cuidar dos filhos. Cuidar dos filhos pequenos por si já é um trabalho árduo. Por isso, se esta é a sua escolha, se organize e faça um bom planejamento para que tenha um resultado satisfatório. Veja algumas sugestões básicas para ajudá-la a trabalhar profissionalmente e ainda cuidar dos pequenos. Prepare o fôlego! E então, vamos às dicas?

11 Dicas para se organizar e trabalhar em casa

  1. Escolha uma atividade profissional que se encaixe no horário que estiver mais livre ou quando seu companheiro estiver em casa por exemplo, para lhe ajudar com o bebê ou no horário que a criança estiver na escolinha.
  2. Observe seu relógio biológico. Se você tem facilidade de dormir tarde, pode escolher um trabalho que possa ser feito depois que as crianças dormem.
  3. Procure um trabalho menos intenso e que o nível de cobrança não lhe deixa estressada.
  4. Cuidado com a expectativa. Se você está gravida e está planejando trabalhar em casa, lembre-se que cada criança tem suas características e você não tem nenhuma garantia que ela vá dormir por 3 horas seguidas.
  5. Por mais difícil que pareça é muito importante ter uma pausa para descansar e se distrair.
  6. Segundo especialistas, uma agenda, caderno ou mural pode ser de grande auxilio, pois, esses recursos, neste momento, são mais confiáveis do que sua cabeça. Anote ali consulta médica, reunião de trabalho e da escola, vacinas e ligações a clientes ou fornecedores.
  7. Se tiver oportunidade faça um intensivo das tarefas profissionais, para que você tenha a sensação de “dever cumprido” de “eu consigo, eu sou capaz”.
  8. Uma opção que está sendo bem utilizada atualmente é o Coworking. Isso nada mais é do que um escritório coletivo no qual se utiliza a infraestrutura pagando pelas horas utilizadas, sem ter que assumir um contrato. Se você tem condições financeiras, e um tempo livre das tarefas doméstica, essa é uma ótima opção, pois sua dedicação ao trabalho será mais focada. Em casa existem várias distrações para lhe tirar do foco, ainda mais com um bebê!
  9.  Esteja aberta, não fique restrita a apenas uma só opção. As crianças crescem e mudam rapidamente. Vá adequando a rotina de acordo com o desenvolvimento deles.
  10. As tarefas não são somente suas, todos podem ajudar, até mesmo as crianças menores de acordo com sua capacidade, é claro!
  11. Uma tarefa que toma bastante tempo é cozinhar. Faça um cardápio, que pode ser semanal, e que possibilite a introdução de congelados. Quando for cozinhar, já faça uma quantidade para deixar no freezer.

Mas e as interrupções, como lidar com elas?

Talvez umas das questões mais difíceis de lidar seja esta, portanto, veja a lista de dicas abaixo para conseguir minimizar esse problema e tirar essa tarefa de letra:

  1.  Deixe claro aos seus familiares que você leva seu trabalho muito a sério. Assim os outros também o respeitarão.
  2.  Muitas distrações surgirão, tais como convites para programas sociais e etc. Seja firme, recuse e faça as pessoas entenderem que você está em casa, mas tem um trabalho para cumprir.
  3. Tenha disciplina e estabeleça um período, que pode ser manhã, tarde ou noite, para trabalhar, mas não seja tão rígida com você. Se um dia você não cumprir a meta estabelecida por conta de uma doença do seu filho, por exemplo, você terá como compensar no outro dia, mesmo que tenha que dar uma esticada durante a noite.
  4. Se você perceber que não vai dar conta, peça ajuda para cumprir o prazo pois assim seria se você tivesse um trabalho “tradicional”.

Existem várias mulheres que fizeram a opção de trabalhar em casa e se deram muito bem. O segredo é organização, foco e manter o equilíbrio. Pode ocorrer que num determinado dia você não consiga fazer todas as tarefas, mas em outro você dará conta do recado.

Lembre-se sempre de que você não está sozinha e peça ajuda, afinal, você não precisa fazer o papel de supermulher. Você apenas optou por uma nova maneira de contribuir com as finanças da família e ainda cuidar dos seus filhos.

Tags: Carreira, Gravidez, Maternidade, Mulher, Trabalhar em Casa

Enviar comentário

voltar para Carreira

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||