Mastite: Sintomas e Tratamento

Publicado por em 16/03/2016 às 14h07

O que é mastite?

O que é mastite?A mastite é uma inflamação nos tecidos mamários. Essa inflamação, se não for tratada, pode rapidamente tornar-se uma infecção, o que significa que as bactérias crescem nos tecidos inflamados. Você pode notar que as áreas de seus seios ficam:

  •         vermelhas;
  •         doloridas;
  •         quentes, com ardência;
  •         inchadas.

Você também pode sentir um nódulo, como se o leite estivesse “empedrado”, chamado de ducto bloqueado, embora ele não seja causado por um bloqueio real. É o acúmulo de leite em seu peito que faz com que o tecido se torne inflamado.

Quando a inflamação está mais grave, você também pode ter sintomas semelhantes aos da gripe, tais como:

  •         calafrios;
  •         dor de cabeça;
  •         temperatura superior a 38,5 °C;
  •         exaustão.

Cerca de uma em cada 10 mães que amamentam apresentam um quadro clínico de mastite. Não é uma experiência nada agradável, é claro, mas com a abordagem e o tratamento certo, tudo pode ser resolvido rapidamente. Esse tipo de inflamação acomete, geralmente, apenas uma mama, mas é possível tê-la em ambos os seios ao mesmo tempo. E, infelizmente, você pode obter mastite mais de uma vez.

O que causa a mastite?

A mastite é mais frequentemente causada quando o leite se acumula em seu peito, quando a mama produz mais leite do que você está liberando. Você também pode estar amamentado de maneira inadequada, sem deixar que o bebê “trave” bem a mama.

Quando estiver amamentando, verifique se a boquinha dele está pegando a auréola da mama também, e não só o bico. Isso pode fazer com que seu mamilo fique bastante dolorido e faz com que você evite amamentar do lado dolorido, o que pode ser bem pior. Isso pode causar um ingurgitamento, ou seja, a estagnação do leite e, em seguida, mastite crônica.

Por isso é tão importante que você intercale as mamas: suponha que esteja na hora de amamentar. Então, lembre-se de oferecer o peito que o bebê sugou primeiro da última vez em que foi amamentado.

Outros fatores que podem ocasionar a mastite:

  • Ingurgitamento que não retorna ao normal, talvez porque seu bebê dorme muito durante a noite.
  • A pressão de sua roupa sobre o peito, uma alça de sutiã apertado ou sua posição de dormir.

Às vezes, a estagnação do leite pode piorar e tornar-se uma mastite infecciosa. Isso pode acontecer se você tiver os mamilos rachados. Uma infecção pode passar através da rachadura ou da fissura no mamilo para o sistema linfático do seu peito.

Se você é mãe pela primeira vez, está mais propensa a ter mastite, embora as mães experientes em amamentar também possam sofrer com isso. A mastite pode acontecer a qualquer momento, enquanto você está amamentando. No entanto, é mais comum nos primeiros três meses, em particular, na segunda ou na terceira semana, quando você ainda está se acostumando com a amamentação.

Como posso tratar a mastite?

MASTITE: SINTOMAS E TRATAMENTO O que é mastiteContinuar amamentando seu bebê, normalmente. Embora isso possa ser muito doloroso para você, interromper a amamentação vai fazer a mastite piorar.

Se não se sentir bem, ou se continuar a alimentar o seu bebê está fazendo muita diferença para a inflamação, consulte o seu médico. Se você já teve a mastite por alguns dias e aparecer alguma infecção, o seu médico pode prescrever antibióticos.

Aqui estão alguns métodos que você pode tentar, senão você estiver tomando antibióticos:

Além de certificar-se de que o seu bebê está agarrando corretamente a mama e se alimentando bem, pense nessas possibilidades:

  •         Extrair o leite com a mão ou com uma bomba, se você sentir que está “sobrando leite”, ou seja, se seu peito está produzindo mais leite do que o bebê tem dado conta, essa prática pode ser útil se você tem mamilos doloridos.
  •         Descanse e beba muito líquido.
  •         Evite usar roupas apertadas ou um sutiã até que as coisas melhorem.
  •         Coloque uma fralda quente sobre seu peito ou tome uma ducha quente, deixando cair bastante água: isso evita que o leite fique “empedrado”. Ou então, faça compressas frias, se as mamas estiverem muito doloridas.
  •         Massageie seus seios muito suavemente, enquanto seu bebê estiver amamentando, para ajudar o leite a fluir. Cuidado! Uma massagem vigorosa pode piorar a mastite. Faça isso com delicadeza.

Medidas simples como estas podem evitar que você precise tomar antibióticos. No entanto, se a mastite não melhorar, poderá evoluir para um abscesso mamário, isto é, começar a ter pus no interior da mama que afeta cerca de três por cento das mulheres que têm mastite, exigindo, então, o uso de antibióticos.

Se você chegar a ter um abscesso, vai precisar de atenção médica imediata, e às vezes uma cirurgia, para drenar essa infecção.

Se seu bebê não estiver se alimentando bem e pegando a mama corretamente, peça ajuda para seu médico ou a enfermeira que acompanhou o seu parto. Além disso, consultar uma nutricionista materno-infantil é de grande valia, já que ela se especializou nessa área.

 

Devo parar de amamentar se eu tiver mastite?

Não. Como já vimos, é importante continuar a amamentação quando você tem mastite. Liberar o leite vai ajudá-la a ficar melhor. Embora possa ser extremamente doloroso, às vezes você precisa deixar seu bebê alimentar o mais rápido possível.

Embora você possa estar se sentindo mal e desconfortável, a mastite não irá afetar o seu bebê. É perfeitamente seguro para ele se alimentar, mas pode provar do leite um pouco mais salgado do que o habitual.

Mesmo se você tem mastite infecciosa, se seu bebê engole as bactérias no leite, elas serão mortas pelo suco gástrico.

É importante lembrar, então, que a amamentação é importante para você e seu bebê. Relutar-se em amamentar por causa de uma mastite só vai piorar a situação. Peça ajuda, sempre que possível.  Descanse e aproveite esse momento, por mais desconfortável que possa ser, pois isso passa. E dá muitas saudades‼!

 

Tags: Amamentação, Gravidez, Mastite

Enviar comentário

voltar para Amamentação

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||