Educação alimentar começa em casa

Publicado por em 29/08/2013 às 09h50

Educação alimentar começa em casaEducação Alimentar

A alimentação é para alguns pais motivo de preocupação, ou porque a criança não come nada ou come demais. A educação alimentar se desenvolve nos primeiros anos de vida e devemos ter em mente que nossos filhos são nossos reflexos, portanto dar o exemplo é obrigação dos pais.

Quando as orientações iniciam nesta fase da vida elas tendem a permanecer na adolescência, “se dentro de casa a alimentação for adequada, com o exemplo dos pais, a criança tem mais consciência, pois o cenário permite maior autonomia por parte dos filhos”, explica a nutricionista Flávia Adriane Borges.

O que não falta à criança é a curiosidade e o desejo de explorar e experimentar o novo, a dica é as deixar experimentarem uma variedade de frutas, legumes e verduras e ter sempre opções de alimentos saudáveis de um mesmo grupo para que a criança escolha sem abrir mão daquele tipo de alimento.

Vale lembrar que quando a criança sentir vontade de comer sozinha deve ser incentivado para que comece a adquirir sua independência e de que nada adianta oferecer um alimento ao seu filho e demonstrar que você não gosta.

A alimentação deve ser feita em um ambiente agradável sem maiores distrações como, por exemplo, a TV. É importante que os pais comam junto com a criança e não fazer diferença entre o que os pais e crianças comem.


Educação alimentar começa em casaDicas para garantir a alimentação do seu filho:

  • O café da manhã é uma refeição muito importante, ofereça ao seu filho para que se torne um hábito. Pular essa refeição fará com que a criança sinta fome mais tarde e acabe comendo algo que não deveria no intervalo, tirando a fome para o almoço.
  • Jamais use comida como recompensa. Prometer sobremesas se a criança não comer vegetais é a mesma coisa que dizer que os vegetais valem menos do que os doces.
  • Procure variar o cardápio.
  • Crianças em idade escolar são mais ativas e perdem muito liquido. Ofereça água ou sucos naturais independente do lanche oferecido.
  • Fique atenta a quantidade e porções dos alimentos. Ela deve ser suficiente para saciar a fome.

Escolha um dia da semana para as guloseimas. Mas lembre-se: ela deve ser sempre uma porção pequena.

Drª Flávia Borges
Nutricionista

Tags: Alimentação Infantil, Alimentação Saudável

Enviar comentário

voltar para Alimentação

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||