Alimentação na Gestação

Publicado por em 19/04/2013 às 11h11

A alimentação na gestação traz muitos mitos, sabe aquela história de que grávida tem que comer por dois? É verdade. Mas espera aí! Não é para comer por duas pessoas, e sim por dois motivos:

  • a sua saúde 
  • a saúde do seu bebê.

Isso não tem nada a ver com dobrar as porções e traçar dois pratos cheios no almoço e sim, você deve aumentar a quantidade das calorias na sua dieta. Mas seu corpo precisa de, no máximo, 350 calorias a mais por dia o equivalente a dois copos de leite integral. O que realmente importa não é comer mais, e sim comer bem. 

Alimentação na Gestação:

 “Na gestação, o organismo da mulher precisa de mais nutrientes para que o bebê cresça e se desenvolva", explica a nutricionista Manoela Figueiredo. Como conseguir isso? Mantendo uma dieta variada e rica em frutas, verduras, leite e derivados, carnes magras e carboidratos integrais. .

Alimentação na gestação
A alimentação na gravidez está cercada de mitos. Além de comer por dois, tem gente que acredita que, quanto mais a gestante engorda, melhor para o bebê. Bobagem. Engordar além da conta é tão ruim na gestação quanto em qualquer outra época da sua vida. Na verdade, assim como quando você não está grávida, o segredo para uma alimentação saudável nesse período é o mesmo: comer de tudo, sem exageros, respeitando a fome e driblando a gula.
 
O prato da grávida saudável é variado e colorido. Todos os grupos alimentares devem constar na sua dieta diária: vegetais, frutas, legumes, carboidratos, proteínas e gorduras, além de muita água. Para garantir disposição o dia todo e ajudar a combater problemas como náuseas, cansaço e azia, as refeições devem ser divididas entre três principais: café da manhã, almoço e jantar, com pelo menos dois lanchinhos entre elas.

Alimentos industrializados, gorduras saturadas, frituras, excesso de café e de açúcar devem ser evitados a todo custo. Bebidas alcoólicas, nem pensar: elas fazem mal para o seu bebê. Na dúvida, o médico ou uma nutricionista podem ajudar. Nunca é demais lembrar que, agora, o que está em jogo é a saúde do seu filho, então nenhum sacrifício é demais.

O que pode ou não na alimentação da gestante?

Procure comer:

  • Frutas - de todo tipo, sucos, frutas secas;
  • Verduras e legumes (folhas, hortaliças, leguminosas...);
  • Nozes, castanhas, amêndoas;
  • Queijo branco (minas, ricota), leite desnatado, mel;
  • Pão integral, aveia, germe ou farelo de trigo, fibras em geral;
  • Ingira bastante água e água de coco.

Coma pouco:

  • Doces, chocolates, frituras;
  • Alimentos que fermentem, como amendoim, pipoca etc.;
  • Massas, pizzas e bolos.

Você deve evitar:

  • Enlatados, condimentos, coisas gordurosas;
  • Carnes pesadas, carnes cruas;
  • Sushi, camarão, lagosta, frutos do mar;
  • Refrigerantes, refrescos e bebidas industrializadas.

Você não deve consumir

  • Bebidas alcoólicas;
  • Cigarro.

Agora, futura mamãe, alimente-se bem, mantenha a sua saúde e a do seu bebê em dia, e o seu corpo lindo e em forma! Saiba que isso só depende de você.

 

Tags: Alimentação Na Gravidez, Alimentação Saudável, Gravidez

Enviar comentário

voltar para Alimentação

left tsN center fsN fwR bsd b01 c15n show|left fwR tsN b01s bdt|left show fwR normalcase tsN bdt b01s|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 c05 sbse fwB bdt|fsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 bsd|news login uppercase fwB c05 b01 bdt|tsN fwR normalcase c15nesw b02 bdt|fwR uppercase b01 bsd|content-inner||